15 de dezembro de 2010

EU QUERO MAIS É BEIJAR NA BOCA



Beijo (do latim) basium – é o toque dos lábios com qualquer coisa, normalmente entre pessoas.
Estima-se que a maioria das pessoas tem seu primeiro beijo amoroso por volta dos doze aos quatorze anos de idade. Uma pessoa comum passa em média 20.160 minutos de sua vida beijando.
Estudos revelam que nossos corpos, enquanto beijamos, produzem substancias 200 vezes mais poderosas do que a morfina, em se tratando de narcótico. Isso faz com que as pessoas fiquem eufóricas durante a beijação.
O ato de beijar é uma verdadeira arte, pois tem o poder de expressar vários sentimentos ao mesmo tempo. Quando beijamos, demonstramos exatamente o que estamos sentindo no momento. Emoções não podem ser fingidas, isso serve para ambos os tipos de emoções as positivas e as negativas.
Usamos três tipos de sentidos para o beijo: o olfato, o tato e o paladar.
Como se sabe, esses três sentidos têm a capacidade de produzir reações emocionais jamais descritas. Os três juntos, então...
A região dos lábios é muito sensível ao tato. Por isso, sentimos tanto prazer em beijar. De acordo com as estatísticas nos Estados Unidos, uma mulher normal beija mais ou menos 80 homens antes do casamento.
Algumas pessoas mantêm os olhos fechados durante o beijo, outras preferem observar as emoções do outro, por curiosidade, talvez.
Na idade média, casais que fossem pegos aos beijos eram forçados ao casamento. Mas, isso é passado!!
Embora muitas pessoas não fiquem atentas aos detalhes, no beijo existem muitas e muitas variações. Por isso, exige aprendizado, habilidade, criatividade e muita paciência para um beijo completo e agradável. Nas minhas pesquisas e segundo o Kama Sutra, existem vários tipos de beijos. Vamos lá.
·         Beijo de lado – quando as cabeças se inclinam em direção opostas e é produzido o beijo;
·         Beijo inclinado – quando um coloca a cabeça para trás e o outro a segura pelo queixo e beija;
·          Beijo direto – Os lábios se unem e se chupam. É um beijo demorado e tranqüilo, onde você pode mordiscar os lábios do seu amado;
·         Beijo de pressão – Os lábios se pressionam fortemente com a boca fechada. Mais usado no momento de raiva;
·         Beijo superior – quando beija-se o lábio superior e o outro o lábio inferior;
·         Beijo broche – Quando um dos dois se prende aos lábios do parceiro;
·         Beijo palpitante – quando um dos dois dá vários beijinhos percorrendo a boca do outro;
·         Beijo contato – quando se toca a boca do outro com a língua;
·         Beijo para acender a chama – Junção dos lábios dados geralmente no meio da noite para irradiar a paixão;
·         Beijo para distrair – Esse tipo de beijo como o próprio nome já diz, é para distrair mesmo, portanto, não precisa ser necessariamente na boca, pode ser em outras partes do corpo do parceiro;
·         Beijo nominal – um dos dois toca a boca do outro com os lábios, depois de tocá-la com os dedos;
·          Beijo de cílios – Percorre os lábios, rosto e termina nos cílios;
·         Beijo com um dedo – Percorre a boca por dentro e por fora com o dedo;
·         Beijo com dois dedos – Molha-se ligeiramente os dedos nos lábios do outro e faz uma pressão sobre sua boca;
·         Beijo que desperta – Beijo nas têmporas, quando o outro está dormindo;
·         Beijo que demonstra – Dado em lugares públicos, geralmente na região do pescoço;
·         Beijo da lembrança – Dado geralmente após a relação sexual, geralmente nas coxas ou nos dedos dos pés do parceiro/a;
·         Beijo transferido – Esse é bem interessante. É quando um dos dois beija alguém no rosto ou uma foto fazendo com que o outro, perceba que o beijo é para si;
·         Beijo choroso – Beijo dado em fotos do outro;
·         Beijo viajante – Beijo que viaja pelo corpo;
·         Beijo no peito – Beijos nos seios;
·         Beijo sem pressa – Beijo concentrado e lento que produz sensação para ambos;
·         Beijo onde há amor há dor – Beijos com mordidas por toda a parte do corpo.
Existe também o beijo borboleta - é o nome dado ao beijo infantil, quando se esfrega os cílios bem suave no nariz ou bochechas;
O beijo de língua - é o beijo que como o próprio nome já diz, envolve as línguas e se complementa com as ações do beijo direto.
Beijo de esquimós - esfrega o nariz contra o nariz do outro numa demonstração de amor e afeto.
Agora os motivos pelos quais você deve beijar muitoooooooo.
O beijo direto ou o de língua, com muita paixão, eleva a pressão sanguínea, acelera os batimentos cardíacos, causa euforia e prazer. Além de queimar calorias.
Um beijinho curto e rápido de língua queima cerca de cinco a seis calorias, de um minuto até 28 calorias.
Beijar previne cárie, devido à produção de saliva que faz a limpeza da nossa boca. Quando se beija troca-se saliva com diversas substâncias como gordura, sais e proteínas. Essa troca produz anticorpos que atuam contra diversas doenças. 
Quando beijamos fazemos movimento de vinte e nove músculos da face, isso quer dizer que evita rugas. E tem mais, beijar ainda nos deixa relaxado e reduz o efeito do estresse.
OBS: Todos esses benefícios só valem, para uma boca limpa. Até porque beijar boca suja ninguém merece. Não é mesmo?
Agora repita querida FÊMEA.   
“EU QUERO MAIS É BEIJAR NA BOCA”.  
Ah! No dia 13 de abril comemora-se o dia do Beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Fique a vontade e volte quando quiser.
Deixe seu comentário no quadro abaixo.
Bjussss Rosélia Santos.

A partir de segunda feira começarei a fazer Resenhas dos produtos que serão postos a venda para vocês!! Aguardem.