30 de dezembro de 2012

AS CORES DA MAQUIAGEM PARA SEU RÉVEILLON: LARANJA E DOURADO

Mulheres fiquem atentas e esqueçam a pele opaca. Ano novo, cores novas. Por isso, o réveillon pede brilho, bastante brilho. E, para brilhar nesta data surge o dourado. Para as FÊMEAS modernas capricharem em um look impecável e chique de viver. A grande dica é fazer a combinação perfeita do dourado com um tom de laranja.
Profissionais garantem sucesso total na combinação dessas duas cores, tanto para quem está com a pele bronzeada quanto para as mais branquinhas. As mais branquinhas vai uma dica valiosa – escolha um laranja mais claro que fica perfeito.
Para conseguir esse visual, não é preciso ter uma nécessaire completa não. Basta, apenas, produtos com os dois tons dourado e laranja, o lápis preto, sombra opaca bege e máscara que arrematam o make dos olhos.
Já sabem... o iluminador é tudo. Aplique acima do osso da bochecha e no dorso do nariz.
Porém atenção: Muita calma nessa hora! Se você tem um nariz um pouco maior, assim parecido com o meu kkkkkk não aplique o iluminador, pois, ele vai destacar a região.
Obs: Amigas não fiquem pensando que sou profissional no assunto. Passei a manhã pesquisando para vcs. FATO!
 
FELIZ ANO NOVO
FELIZ AÑO NUEVO
HAPPY NEW YEAR
 




Rosélia Santos

A TRISTE REALIDADE DE QUEM NASCE MULHER NA ÍNDIA

 
Coração Valente ou Filha da Índia? Muitos a chamaram assim. Mais do que motivar uma onda de orações e protestos em todo o país, a estudante de 23 anos morta no sábado após ser estuprada por seis homens em um ônibus em Nova Déli fez o país se perguntar: “Por que a Índia trata tão mal as suas mulheres?”.
No país, não são raros os casos de aborto de fetos femininos, assim como os de assassinato de meninas recém-nascidas. A prática levou a um assombroso desequilíbrio numérico entre gêneros no país.
As que sobrevivem enfrentam discriminação, preconceito, violência e negligência ao longo da vida, sejam solteiras ou casadas. TrustLaw, uma organização vinculada à fundação Thomson Reuters, qualificou a Índia como o pior lugar para se nascer mulher em todo o mundo. E isso se dá em um país no qual a líder do partido do governo, a presidente da Câmara de Deputados, três importantes ministras e muitos ícones dos esportes e dos negócios são mulheres.
Apesar do papel mais importante desempenhado pelas mulheres no país, crimes de gênero estão em alta na Índia. Em 2011 foram registrados 24 mil casos de estrupo - 17% só na capital, Nova Déli. O número é 9,2% maior do que no ano anterior.
Segundo os registros policiais, em 94% dos casos os agressores conheciam as vítimas. Um terço desses eram vizinhos. Parte considerável era de familiares.
E não se tratam apenas de estupros. Segundo a polícia, o número de sequestros de mulheres aumentou 19,4% em 2011 (em relação ao ano anterior). O aumento dos casos de assassinato foi de 2,7%, nos de torturas, 5,4%, nos de assédio sexual, 5,8%, e nos de violência física, 122%.
Segundo Amartya Sen, prêmio Nobel de Economia de 1998, mais de 100 milhões de mulheres desapareceram ou foram mortas em todo o mundo vítimas da discriminação. De acordo com os cálculos dos economistas Siwan Anderson e Debraj Ray, mais de dois milhões de indianas morrem a cada ano: cerca de 12% ao nascer, 25% na infancia, 18% em idade reprodutiva e 45% já adultas.
O estudo mostrou que mais mulheres morrem na Índia por ferimentos do que por complicações no parto. E esses ferimentos seriam um indicador da violência de gênero.
Outro dado estarrecedor é o de 100 mil mulheres mortas por queimaduras. Segundo os dois economistas, boa parte delas são vítimas de violência relacionada ao pagamento de dotes matrimoniais. Não raro, os agressores queimam as mulheres.
Para os analistas, é preciso uma mudança estrutural nas atitudes da sociedade para que as mulheres sejam mais aceitas e tenham mais segurança na Índia. O preconceito de gênero é reflexo de uma sociedade de tradição patriarcal, ainda mais forte no norte do país.
Para os manifestantes que saíram às ruas após o estupro da jovem estudante de medicina, os políticos, inclusive o primeiro-ministro Manmohan Singh, não são sinceros quando prometem leis mais duras contra a violência de gênero; Eles ainda questionam o fato de que 27 candidatos nas últimas eleições regionais eram acusados de estupro. Além disso, seis deputados respondem pelas mesmas acusações.
Li no terra.com.br/
 

OPINIÃO DA BLOGUEIRA
NÃO VEJO OUTRA SAÍDA PARA ESSAS IRMÃS INDIANAS, A NÃO SER A INTERVENÇÃO DE OUTROS PAÍSES! DEUS MEU... ESTOU DOLORIDA EM POSTAR ESSA REALIDADE ESPANTOSA. NÃO QUE EU NÃO JÁ SABIA QUE SER MULHER NA ÍNDIA CUSTAVA MUITO CARO. CONTUDO, VENDO ESSES DADOS FIQUEI CHOCADA. E MUITO MAIS, SABER QUE AS PRÓPRIAS AUTORIDADES, SÃO CONIVENTES E ATE PRATICANTES DESSA ESTUPIDEZ HUMANA. NA POSTAGEM ANTERIOR EU COLOQUEI ESSA INTERROGAÇÃO E, PARA MINHA SURPRESA ESTAVA CERTA. A PREUCUPAÇÃO DAS AUTORIDADES NÃO É VERDADEIRA! TANTO SE LUTA MUNDO AFORA CONTRA GUERRAS, CONTRA ARMAS ATÔMICAS ENFIM, TEMOS TANTAS LUTAS EM QUE DEZENAS DE PAÍSES SE ENVOLVEM. PORQUE NÃO CONTRA ESSA BARBARIÉ QUE TEM COMO PERSONAGENS AS MULHERES DA ÍNDIA?
A VERDADE É QUE A MAIORIA DOS PAÍSES SÓ ACORDAM PARA SEUS INTERESSES. O MELHOR MESMO É PENSAR COMO DIZ O DITADO: “ESSA GUERRA NÃO É MINHA/NOSSA” E VIRAR O ROSTO. SEI QUE ALGUÉM VAI DIZER: ISSO É CULTURAL! E DAI? DANE-SE A CULTURA DE UM PAÍS DE COVARDES E BEM VINDOS AO MEU PAÍS. QUE É UM PAÍS DE LUTAS CONSTANTES CONTRA A QUALQUER TIPO DE PRECONCEITO. VENCEMOS? AINDA NÃO! PORÉM, CONTINUAMOS NA LUTA E ISSO É O QUE IMPORTA! 
 
Rosélia Santos

29 de dezembro de 2012

ÍNDIA: UM PAÍS SEM LEIS DE PROTEÇÃO ÀS MULHERES

 
Os estupros coletivos na Índia, ocorrem quase diariamente e muitos deles não são denunciados pelas vítimas, que não confiam na justiça e temem a reação dos policiais do sexo masculino.
Esta triste realidade nunca foi sinônimo de preocupação para os líderes políticos daquele país. Foi preciso que uma jovem de apenas 23 anos de idade pagasse com a própria vida o preço de ter nascido mulher, para que tais líderes indianos comecem a mostrar um pouco de preocupação com essa realidade absurda.
O caso mais recente que chocou o mundo, aconteceu dentro de um ônibus em Nova Délhi em que uma estudante se encontrava. Seis amebas a estupraram e espancaram até ela perder os sentidos. Hoje, dia 29, na Índia, mobilizações e manifestações estão acontecendo. Artistas de Bollywood, a indústria cinematográfica indiana, participaram das mobilizações.
Enquanto isso, as autoridades indianas multiplicam os apelos feitos à população para que mantenha a calma. A polícia isolou partes do centro da capital. O difícil é saber se essas autoridades estão realmente preocupadas com a violência contra as mulheres ou com as manifestações feitas.
Manmohan Singh, o primeiro-ministro, afirmou em um comunicado que estava ‘profundamente triste’ com a notícia da morte da jovem e que considera ‘compreensíveis’ as manifestações.
A jovem chegou a ser levada para um hospital em Cingapura para ser tratada, mas morreu na sexta (28). Ela morreu em decorrência dos graves ferimentos que sofreu. Lutou até o fim com esses animais que a violentavam em coletividade.
Seis monstros, pois, recuso-me a colocar neste texto a palavra ‘homens’ como li em outros; esses não são homens e sim monstros, acusados de agredir a moça estão presos. Esses vermes, além de estuprar a jovem, a agrediram com uma barra de ferro e a jogaram para fora do ônibus, enquanto que o motorista assistia a tudo ou quem sabe participou do ato também, já que neste inferno não tem leis que protejam suas mulheres.
Dizem que essas “almas sebosas” deverão responder por assassinato e podem ser condenados à pena de morte.
O corpo da vítima chegou a Nova Délhi neste domingo. O primeiro-ministro Manmohan Singh estava no aeroporto internacional Indira Gandhi acompanhando a chegada do avião que pousou às 4h15 locais de domingo (20h45 de Brasília), de acordo com fontes de segurança e um jornalista da AFP no local.
Um comboio levando o caixão dourado e os pais da vítima deixou o aeroporto em direção ao distrito de Janakpuri, em Nova Délhi, onde a jovem viveu enquanto estudava para se formar em Medicina. A presença de jornalistas na área foi impedida. O corpo da jovem de 23 anos foi repatriado menos de três dias depois de ela ter sido levada para Cingapura em uma tentativa desesperada de salvar sua vida.
Milhares de pessoas participavam de uma vigília noturna pela estudante brutalmente agredida e estuprada por uma gangue de amebas em um ônibus, fato este que revoltou os indianos. Pena que foi preciso acontecer uma barbárie desta natureza para que a população se revoltasse e para que o governo prometesse mais segurança para as mulheres e penas mais severas para os crimes sexuais.
A líder política Sheila Dikshit disse que em breve serão dados 'passos sólidos' para proteger as mulheres na capital indiana. 'Por favor, mantenham a calma e tenham certeza de que ação necessária será adotada para que as mulheres tenham segurança em nossa cidade', disse Dikshit. É o mínimo que o resto do mundo espera!
É preciso ressaltar que o sofrimento das mulheres indianas começa mesmo quando criança, elas enfrentam o estupro, abusos e o casamento precoce, e até mesmo quando ela se casa, ela é morta por dote. Se ela sobrevive a tudo isto, como viúva, é discriminada e não tem nenhum direito sobre herança ou propriedade. Triste, porém verdade!
 
Rosélia Santos

25 de dezembro de 2012

AVANÇOS NO TRATAMENTO DE CÂNCER DE MAMA

Estudiosos portugueses desenvolveram uma nanotecnologia que aumenta a eficácia terapêutica da quimioterapia para pacientes com câncer de mama, além de evitar alguns efeitos colaterais provocados pelo tratamento.
A nanopartícula usada para levar o medicamento às células cancerígenas foi desenvolvida no Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) e da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra. Na semana passada, a Universidade de Coimbra conseguiu reconhecer nos Estados Unidos a patente da nanopartícula registrada com o nome de Pegasemp™.
Segundo a universidade, a tecnologia transporta o medicamento que mata as células cancerígenas e destrói os vasos sanguíneos que alimentam o tumor, o que impede o câncer de se alastrar no organismo e diminui riscos de reincidência. Por causa de sua composição, a nanopartícula consegue chegar com mais facilidade às células doentes e, ao encontrá-las, libera o medicamento de tratamento.
A nanotecnologia é uma das áreas em que o Brasil tem interesse em manter um programa de cooperação com Portugal. Conforme divulgado em setembro passado pelo Itamaraty, uma comissão mista de ciência, tecnologia e inovação entre os dois países irá discutir cooperação nas áreas de nanotecnologia assim como biotecnologia e biocombustíveis.
A Universidade de Coimbra é o principal local de acolhimento de estudantes brasileiros que participam do Programa Ciência sem Fronteira em Portugal, e o CNC tem reconhecimento internacional.
Recentemente o centro anunciou o desenvolvimento de uma vacina oral contra a Hepatite B, considerada a mais perigosa das hepatites - segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 600 mil pessoas morrem anualmente em todo o mundo por causa da doença.
 
Fonte:terra.com.br/

MORRE DONA CANÔ: a matriarca da família Veloso

Claudionor Viana Teles Veloso, também conhecida como Dona Canô, mãe dos cantores Caetano Veloso e Maria Bethânia, morreu nesta terça-feira (25), dia de Natal. Ela tinha 105 anos e faleceu em casa, na cidade de Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano. O velório do corpo de Dona Canô será realizado a partir das 18h no Memorial Caetano Veloso, que fica na cidade natal da família.
Dona Canô foi internada no dia 15 de dezembro, no Hospital São Rafael, em Salvador, após sofrer uma isquemia cerebral transitória. Durante o tratamento, a matriarca da família Veloso apresentou uma discreta melhora no seu quadro de saúde e recebeu alta na tarde de sexta-feira (21). Os médicos recomendaram que ela continuasse o tratamento em casa.
A idosa teria pedido um vestido branco para deixar o hospital. Ela voltou para sua residência acompanhada da filha Mabel. Maria Bethânia acompanhou a locomoção da mãe em outro carro.
No total, Dona Canô teve oito filhos. Clara, Roberto, Caetano, Bethânia, Rodrigo e Mabel eram biológicos. Irene e Eunice foram adotadas. Eunice, também conhecida como Nicinha, morreu de insuficiência respiratória em agosto de 2011, aos 83 anos. Dona Canô era viúva seu esposo Zeca faleceu em 1983, aos 82 anos.

 
Li no msn

 

23 de dezembro de 2012

SAUDADES DA MINHA MÃE

 Saudade tem sido um sentimento constante na minha vida, mas sempre tem um período que a gente está mais vulnerável a um sentimento específico, né?. HOJE faz 10 ANOS que minha Mãezinha partiu...
É uma saudade assim que não dá para explicar em palavras. É um sentir falta até das broncas, sabe? Querer estar com ela só mais um pouquinho! Felizmente, não sou d...aquelas pessoas que diz: “Depois que a gente perde é que a gente dá valor!“, pois eu sempre dei muito valor à minha e sabia que o dia que nós nos separássemos, ela iria me fazer uma falta absurda. Mas é que agora que a separação é concreta, parece que a dor é bem maior do que eu poderia imaginar! É, acho que é isso… às vezes eu sinto tanta, tanta saudade que até dói o meu peito! Eu costumava dizer para ela que eu a amava tanto que até doia… agora, quando converso com ela nas minhas orações, eu digo que eu continuo amando, só que agora o que dói é a saudade… De tudo o que eu sinto saudade, o que mais me faz falta é ter alguém para conversar! Sim, eu sei que tenho muitas pessoas por perto, tenho meu irmão, meu esposo posso contar com muitos ouvidos… mas ninguém é igual!!! Sabe aquelas coisas que você já está acostumada a falar com determinada pessoa? Aquelas coisas que você só comenta com a sua mãe? Chegar em casa e contar as coisas e, mesmo que você queira ficar falando durante 1 hora, ela vai estar ali escutando e prestando atenção… São pequenas coisas, sabe… pequenas mesmo… mas que fazem uma diferença tão grande e que às vezes a gente só percebe quando simplesmente elas não existem mais. É saudade… que dói e que não tem como remediar. Não é tristeza, é só saudade! Vontade de estar perto, de abraçar, de agarrar, de conversar… Se você ainda tem sua mãe por perto, não deixe essas pequenas coisas passarem assim do nada… aproveite para que quando ela não estiver mais aqui, você possa, pelo menos, saber que aproveitou tudo o quanto podia… eu fiz isso, graças a Deus!!!

Rosilda Freitas

22 de dezembro de 2012

OSCAR NIEMEYER É HOMENAGEADO POR REVISTA INGLESA

A revista inglesa “Wallpaper” prepara uma edição especial em homenagem ao arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, morto no último dia 5, aos 104 anos. A publicação sairá em fevereiro, juntamente com a edição de premiação do Design Awards 2013.
O especial, intitulado “Oscar”, abordará a vida e a obra do arquiteto. Essa é a primeira edição especial que a “Wallpaper” desenvolve.
Conhecida internacionalmente como uma referência para apreciadores de artes, design, cultura, moda, lifestyle e arquitetura, o periódico londrino Londres, prestará uma homenagem ao arquiteto exibindo um acervo exclusivo do fotógrafo Todd Eberle colaborador da revista “Vanity Fair” e famoso por retratar obras arquitetônicas ao redor do mundo.
 
 
 
Li na Folha

VOLTA ÀS LIVRARIAS “A COMÉDIA HUMANA” DE BALZAC

A segunda edição brasileira de “A Comédia Humana”, publicada nos anos 1980 e 1990 pela editora Globo, tinha uma característica única dentre todas as edições mundiais da enorme obra de Honoré de Balzac: o prefácio ficava ao final do 17º e último volume.
Foi a saída que o crítico Paulo Rónai (1907-1992), após revisar à distância o trabalho que organizara quatro décadas antes, encontrou para solucionar um lapso da editora, que esquecera de incluir a apresentação do francês.
“Rónai recebeu o livro impresso em seu sítio em Nova Friburgo - RJ e notou a falta do texto”, lembra Eliana Sá, então editora-executiva da Globo. “Disse: ‘Não se preocupe. Transforme em posfácio, no último volume. Teremos uma edição só nossa’.”
Agora, com o lançamento dos primeiros quatro volumes da terceira edição da obra completa de Balzac, pelo selo Biblioteca Azul, da Globo, o prefácio retorna ao lugar de direito, abrindo a coleção.
A nova reedição resgata, após anos fora de catálogo, as 88 histórias, entre romances e novelas, às quais Balzac dedicou a vida e cuja organização pelo húngaro-brasileiro Rónai é considerada das melhores do mundo.
A revisão técnica ficou com Gloria Carneiro do Amaral, que respeita as correções feitas nos anos 1990 por Rónai.
“Desde os anos 1950, ele anotava erros que gostaria de corrigir”, diz o diretor editorial Marcos Strecker. “Tentou reeditar nos anos 1970, mas só quando a Globo gaúcha foi comprada pelas organizações Globo, nos anos 1980, surgiram condições para isso”.
Junto aos quatro primeiros livros, que têm histórias como “O Pai Goriot” e “A Mulher de Trinta Anos”, sai o volume “Balzac e a Comédia Humana”, com ensaios do crítico incluindo o inédito “A Comédia Humana no Brasil: História de uma Edição”.
Nesse texto, Rónai conta como o convite, em 1943, para apresentar “A Comédia Humana” virou um contrato para organizar para a Globo a coleção traduzida por nomes como Mario Quintana, Ernesto Pellanda e Dorval Serrano.
Todos eles, escreveu sobre os cerca de 20 tradutores, eram excelentes. “Apenas tinham iniciado sem diretrizes. A mesma personagem de vários romances da 'Comédia’ surgia ora com nome francês, ora com nome português. A mesma rua de Paris tinha denominações diferentes”.
Organizar “A Comédia Humana” já não havia sido fácil para Balzac (1799-1850), que tinha parte das narrativas publicadas quando resolveu criar laços entre elas, com personagens reincidentes nas tramas.
Esse desafio, que o levou a reescrever as histórias por toda a vida, juntou-se a sua ambição de ser um “historiador de costumes”, investigando o tempo em que vivia.
Balzac pagou o preço da originalidade. Como escreve Rónai, foi “negado pela quase unanimidade da crítica séria enquanto vivo”. O esforço feito hoje para devolver a obra ao público é só uma prova de que valeu a pena ambicionar um lugar entre os gênios da literatura.


Por Raquel Cozer
Colunista da Folha

BIBLIOTECA NACIONAL É CRITICADA POR DESCUIDAR DE ACERVO

Na última terça-feira, quando uma grade de 1,25 m x 0,55 m despencou de oito metros de altura dentro da sede da Biblioteca Nacional, no Rio, o presidente da instituição, Galeno Amorim, estava em reuniões em Brasília.
Ele continuava lá no dia seguinte, quando funcionários fizeram, na frente do centenário prédio carioca, o segundo protesto do ano pelas más condições do lugar que atingiu alto nível de degradação neste ano, com infiltrações e problemas elétricos.
Desde que assumiu a Fundação Biblioteca Nacional, em 2011, o paulista Galeno Amorim, 50, tem dividido seus dias entre atribuições na sede da instituição e uma série de viagens a trabalho, inclusive a outros países.
A rotina, que difere da que seus antecessores tiveram no cargo, decorre da transferência - iniciada em 2011 e concretizada em abril deste ano - de todas as políticas públicas de livro, leitura e literatura do país para a instituição.
A instituição acumulou funções como modernizar bibliotecas, internacionalizar a literatura brasileira e formar agentes de leitura, além do já enorme trabalho de preservar a memória do país.
Com isso, a gestão de Galeno passou a ser criticada por descuidar do básico: a biblioteca e seu acervo.
Ao mesmo tempo, projetos anunciados com alarde, como o Programa do Livro Popular, nem saíram do papel.
O apoio à cadeia produtora do livro e a internacionalização da literatura brasileira, outras marcas da atual administração, são elogiados pelo mercado e por autores, mas servem de munição adicional aos críticos do que seria descaso com a biblioteca.
Em novembro, dois meses após assumir o Ministério da Cultura, Marta Suplicy contestou, em entrevista à Folha, a ampliação das atribuições da FBN, tema que divide especialistas em políticas públicas.
Questionada se a FBN é a instância mais adequada para cuidar das políticas de livro e leitura, disse: “Não é. Não acho [que seja]. Estou estudando por que foi feito desse jeito e como seria se a política do livro voltasse para Brasília. Não decidi ainda, mas estou reavaliando”.
Galeno Amorim diz ter “posições rigorosamente parecidas” com a de Marta. “A junção dessas áreas na FBN fortaleceu as políticas de livro e leitura. Mas acredito que seja importante uma instituição para cada uma das coisas”.
Segundo ele, ainda estão sendo formadas condições para a criação do Instituto do Livro, que seria voltado especificamente a essas políticas. “A meta é mostrar resultados. Cabe à ministra avaliar se o momento é oportuno”.
 
 
 
Fonte: A Folha
Por:
Matheus Magenta - São Paulo
Raquel cozer - Colunista da folha
Colaborou Marco Aurélio - Canônico, do Rio

DEPOIS DE UM SÉCULO A DIFERENÇAS ENTRE NORMAS DA LÍNGUA EM PORTUGAL E NO BRASIL PODEM ACABAR


A adoção de um regime comum para a ortografia do português em todos os países lusófonos põe fim ao afastamento do Brasil e de Portugal quanto às normas sobre a escrita do idioma de Machado de Assis e de Eça de Queiroz. Ao longo do século 20, os dois países modernizaram separadamente a maneira de escrever, fizeram suas regras próprias mas apenas, mais de uma vez, ensaiaram aproximação.
Isso foi obtido em 1990, com a assinatura do acordo que só começa a ser ratificado neste século. Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, e Timor Leste não criaram normas próprias paralelas, assim como fizeram Brasil e Portugal, porque tiveram independência mais recentemente.
Em artigo publicado no Boletim da Academia Galega da Língua Portuguesa, o linguista luso João Malaca Cateleiro afirma que a separação das ortografias brasileira e lusitana começou em 1911, quando Portugal fez, “à revelia” do Brasil, sua primeira reforma ortográfica. O escritor Vasco Graça Moura, também confirma baseado na ortografia.
- Começa uma divergência na maneira de ortografar a língua, uma vez que nós começamos a seguir um determinado tipo de ortografia e o Brasil tinha uma regra fixa.
Segundo Moura, até aquela altura os dois países tinham regras “extremamente confusas”. Na então recente república portuguesa, em cada grupo de quatro cidadãos três eram analfabetos.
- Com a simplificação da ortografia, imaginou-se que iria ser combatido o analfabetismo. A ideia era generosa, mas completamente estúpida! Se fosse assim todos os alemães eram analfabetos.
Ele destaca que no Brasil também havia um movimento para reformar a maneira de escrever o português.
- Eu conheço uma carta de Mário de Andrade dizendo que vai escrever como se fala, e não vai seguir a grafia [adotada] do lado de cá do Atlântico.
O diretor executivo do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), o brasileiro Gilvan Müller de Oliveira revela que os dois Estados optaram por ter normas divergentes, que dificultasse o entendimento de um ao outro quase como estratégia mercantilista de composição de normas.
- Para que o nosso livro não circulasse aqui e o livro de Portugal não circulasse lá. As nossas histórias econômicas são o contrário da livre circulação da mercadoria.
João Malaca Cateleiro registra que ao longo do século 20 foram várias as tentativas de resolver as divergências ortográficas entre Portugal e o Brasil, protagonizadas pela Academia das Ciências de Lisboa e pela Academia Brasileira de Letras.
- As datas mais mais relevantes são as de 1931, 1943, 1945, 1971/1973, 1986 e 1990, sendo esta última a do Novo Acordo Ortográfico [em vigência].
De acordo com Vasco Graça Moura, o movimento de maior aproximação antes da assinatura em 1990 foi em 1945, quando os dois países subscreveram a reforma, mas o Congresso brasileiro negou a ratificação e não houve, portanto, nenhum reflexo no Brasil.
- Grande parte das regras daquela reforma corresponde sensivelmente ao que ainda hoje está em vigor em Portugal”, diz fazendo referência ao período de transição do atual acordo, que em Portugal termina em 2015.


Li no R7

21 de dezembro de 2012

NOTICIAS DE DOMINGUINHOS

José Domingos de Morais, mais conhecido como Dominguinhos, natural de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, continua internado em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Coronária do Hospital Santa Joana, no Recife. De acordo com o hospital, na manhã desta sexta-feira (21) não houve mudanças em relação ao quadro apresentado no último boletim médico, divulgado na tarde de quinta-feira, em entrevista coletiva concedida pela equipe que atende o sanfoneiro.
Dominguinhos vem lutando há seis anos contra um câncer de pulmão, que mantém-se estável e respondendo bem às drogas, além de doenças associadas, como insuficiência ventricular, arritmia cardíaca e diabetes.
Contudo, nesta segunda-feira dia 17, o músico apresentou uma pneumonia bacteriana comunitária, que o levou a ser internado e não há previsão de alta. Como já citado, o estado de saúde de Dominguinhos é muito grave.

Li no G1

16 de dezembro de 2012

NADA DE NOVO NA CASA DO POVO



Segundo pesquisa Datafolha, divulgada na edição dominical do jornal “Folha de S. Paulo”, a pouco menos de dois anos das eleições presidenciais, o PT venceria a disputa eleitoral se ela fosse realizada hoje. Tanto a presidente Dilma Rousseff como o seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, venceriam a corrida eleitoral em primeiro turno em todos os cenários apontados pela sondagem. A presidente varia de 53% a 57%, enquanto o seu antecessor ficaria com 56%, no único cenário em que foi incluído.
Na sequencia, o candidato com melhor desempenho é a ex-ministra do meio Ambiente Marina Silva (sem partido), que varia de 18% a 13%, seguida pelo ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB), que varia de 14% a 9%. Ao todo, o instituto de pesquisa entrevistou 2.588 pessoas na última quinta-feira. A margem de erro é de dois pontos percentuais.
No principal cenário, Dilma Rousseff teve 57%, seguida por Marina Silva, com 18%, e por Aécio Neves, com 14%. No cenário com a participação do governador Eduardo Campos (Pernambuco), Dilma Rousseff teria 54%, Marina Silva seguiria com 18%, Aécio Neves pontuaria 12% e o dirigente do PSB ficaria com 4%.
A sondagem eleitoral também realizou cenários com a participação do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa. Contra Dilma Rousseff, o magistrado teria 9%. Contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente da Suprema Corte teria 10%.

 
O Globo

 

HILLARY CLINTON DESMAIA E SOFRE CONCUSSÃO

Hillary Clinton, 65 anos, secretária de Estado americano, teve uma concussão cerebral após desmaiar neste sábado (15), de acordo com o Departamento de Estado norte-americano. Hillary já está em casa se recuperando, mas seu estado de saúde é acompanhado por médicos, informou o órgão. A secretária de Estado se recupera de um problema estomacal e estaria desidratada, o que teria ocasionado o desmaio.
“Enquanto sofre de um vírus estomacal, Hillary Clinton ficou desidratada e desmaiou, sofrendo uma concussão”, disse o porta-voz de Hillary, Philippe Reines, em comunicado. “Ela está se recuperando em casa e continua sendo monitorada regularmente por médicos. Por recomendação deles, ela continuará trabalhando de casa na próxima semana, mantendo contato com o departamento e com outras autoridades. Ela espera estar de volta ao gabinete em breve”, acrescentou Reines.
 
SAIBA MAIS:
A concussão cerebral é a perda da consciência de curta duração que acontece logo a seguir a um “bater com a cabeça”.

 
Sintomas
A pessoa com uma concussão fica confuso, sente dor de cabeça, sonolência tontura, dificuldade de concentração, esquecimento, depressão, falta de sensibilidade e também ansiedade.

 
Tratamento
Geralmente, a recuperação acontece em algumas horas ou dias, sem precisar de nenhum tipo de tratamento específico. Contudo, face necessário a observação médica por pelo menos 12 horas. É recomendável também, fazer uma ressonância magnética ou tomografia computadorizada para verificar a integridade do cérebro.

 
Li no uol

10 de dezembro de 2012

CONCURSO PARA POLÍCIA FEDERAL PREVISTO PARA 2013

Com a finalização dos concursos que estão em andamento, está nos planos da Polícia Federal e do Ministério da Justiça a abertura de nova seleção em 2013. A previsão é de que sejam ofertadas pelo menos 1.200 vagas, sendo a maioria para Agente (600) e Escrivão (450), mas também com oportunidades para Delegado (150).
Ainda não há previsão de quando o pedido poderá ser autorizado pelo Ministério do Planejamento, mas os interessados devem começar a se preparar o quanto antes. Os certames serão abertos a candidatos com formação de nível superior em qualquer área (Agente e Escrivão) e também para bacharéis em Direito (Delegado). A remuneração inicial ficará em torno de R$ 7, 8 a R$ 13, 6 mil mensais, dependendo do cargo. Portanto concurseiros de plantão fiquem espertos!

 
Li no http://concursosnobrasil.com.br/

DISFUNÇÃO ERÉTIL VOCÊ SABE DO QUE SE TRATA???

Não é nada fácil para os homens lidar com problemas de ereção. O maior medo dos que já passaram por isso é falhar novamente. Afinal, por que ele não conseguiu? Será que sofre de disfunção erétil? A verdade é que muitas vezes não existe um problema. A perda de ereção pode acontecer por inúmeros motivos e, muitas vezes, não criar grandes expectativas é o melhor remédio. Saiba um pouco mais sobre o assunto com o auxílio de dois especialistas da área.
 
 
I - A partir de qual idade costuma ser comum o diagnóstico de disfunção erétil por causas orgânicas?
“A disfunção erétil decorrente de causas orgânicas pode acometer homens em qualquer idade, mas é mais comum após os 50 anos”, afirma o urologista Roni Fernandes, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Urologia (São Paulo). Segundo ele, isso acontece por conta do envelhecimento natural, ainda que o indivíduo seja saudável.
 
II - Antes dos 50 anos, a disfunção erétil costuma ter como causa problemas emocionais?
De acordo com o urologista Conrado Alvarenga, do Grupo de Disfunção Sexual do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, problemas de ereção antes dos 50 anos costumam ser decorrentes da chamada disfunção erétil psicológica. “Estresse, ansiedade e baixa autoestima, por exemplo, podem impedir uma boa ereção, caracterizando a chamada pressão de performance”, explica. É possível ainda sofrer dos dois problemas. Um homem que começa a ter problemas de ereção por causas orgânicas pode desenvolver problemas emocionais que levem à disfunção erétil psicológica.

III - Sofrer um episódio de perda de ereção antes dos 50 anos é normal?
“Sofrer episódios esporádicos de perda de ereção antes dos 50 anos é completamente normal”, explica o urologista Roni. O casal deve começar a se preocupar apenas quando o problema se torna frequente, prejudicando a vida a dois. Neste caso, procure um urologista para descobrir a causa e começar um tratamento precocemente, recomenda. Um médico deve ser procurado ainda quando, após um episódio de perda de ereção, o homem perceber redução da libido. Neste caso, é possível que ele seja vítima de problemas hormonais.

IV - Ao perder a ereção pela primeira vez, o homem deve tentar manter a interação entre o casal?
O urologista Conrado recomenda manter a interação do casal na relação mesmo com a perda da ereção. “Após o período de latência, que é o intervalo de cerca de 20 minutos após uma relação ou após a perda de ereção em que o homem não consegue ter outra ereção, ele pode relaxar ou se recuperar, conseguindo, então, uma ereção”, explica. Para isso, é fundamental a compreensão entre os dois. Conversar e estimular sexualmente o homem pode resolver o problema no mesmo dia.

V - A disfunção erétil também pode ser sintoma de Diabetes?
“Cerca de metade dos homens que sofrem de diabetes também apresenta problemas de ereção”, alerta o urologista Roni. O diabetes leva a uma lesão neurológica progressiva dos nervos periféricos (neuropatia diabética), impedindo uma sequência de fatores que levariam à ereção. Em muitos casos, entretanto, isso acontece porque não há controle rígido sobre as taxas de açúcar no sangue. “Quem busca e segue tratamento reduz e muito o risco de ter disfunção erétil”, complementa.

VI - Problemas de ereção decorrentes do tabagismo são revertidos depois que o homem abandona o cigarro?
Nem sempre! Um dos problemas decorrentes do tabagismo é o acúmulo de gordura nas artérias que, com o tempo, pode entupir. Quando isso acontece em uma artéria do coração, o resultado é um infarto. Quando acontece na artéria peniana, o resultado é a perda da capacidade de ereção. “Após parar de fumar, portanto, o homem pode ter alguma melhora do quadro, já que seu estado geral de saúde também melhora, mas o simples abandono não garante reversão total da disfunção erétil”, alerta o urologista Conrado. Continuar fumando, por outro lado, faz com que o problema piore ainda mais. Assim, o ideal é buscar tratamento com um especialista.

VII - O sobrepeso pode prejudicar a ereção?
Sim! “Além da possibilidade de gerar acúmulo de gordura nas artérias, impedindo o fluxo sanguíneo no pênis, a obesidade pode levar à disfunção erétil por questões psicológicas", explica o urologista Roni. Isso porque o sobrepeso pode inibir o homem, afetar sua autoestima ou mesmo desestimulá-lo por conta da dificuldade de movimentação.

VIII - Ter ereção parcial em todas as relações indica um quadro de disfunção erétil?
De acordo com o urologista Conrado, a disfunção erétil apresenta quatro níveis, sendo o mais grave a de perda total da capacidade de ereção. “Ter uma ereção parcial em todas as relações, entretanto, já caracteriza um quadro de disfunção e, nesse caso, o homem deve buscar ajuda”, afirma.
 
ATENÇÃO HOMENS... CUIDEM-SE!!!

Fonte: minhavida.com.br/

9 de dezembro de 2012

A DOR DE UMA SAUDADE

Ceicynha Fernandes

O abraço de minha mãe era confortável, indispensável, um belo refúgio e verdadeiro.
Uma palavra de minha mãe era suficiente, eficiente, sempre certa, dita na hora certa, também confortável e indispensável.
A cama de minha mãe era onde estavam os lençóis mais cheirosos, onde eu pegava no sono assim que me deitava, a mais fofa dentre todas as que existem, mesmo se fosse um colchão de tábua era sempre a mais confortável. O Amor de minha mãe era verdadeiro!
Agora imaginem viver sem TUDO isso!
Imaginem como é deitar na cama e não mais sentir o cheiro recente dela; imaginem precisar de uma palavra de conforto e receber apenas, palavras indiferentes; Imaginem querer um lugar para se abrigar, e até encontrar este lugar, ninguém quer te abrigar.
Quando se perde uma mãe, não só se perde uma mãe; se perde o único abraço verdadeiro. Pode ser que existam outros abraços assim, mas... Você nunca terá a certeza de que os outros são verdadeiros tanto quanto. Você fica sem saber a quem pedir conselhos ou mesmo de quem aceitar tais conselhos, pois, o conselho de mãe é sempre dado para que você não erre ou não cometa o mesmo erro, é para que você seja alguém na vida; já os outros conselhos (conselhos de outros) você também não tem como saber se são verdadeiros ou bem intencionados tanto quanto. Quando se perde uma mãe, aquela cama já não é mais a mesma, não mais lhe trás sono, apenas saudades.
Na gramática da vida de quem perde uma mãe, o termo (status) órfão é sinônimo de perdido. Quando se perde a mãe, se descobre que o melhor despertador não é aquele que se ajusta a hora e se houve um trililim, mas sim, aquele que se ouve um "acorda menina, é hora de levantar".
E para quem fazia as coisas com um único objetivo: Dar orgulho?
Imaginem... Você conclui os estudos, entra na Faculdade/Universidade, tudo para ser aquilo que sua mãe sempre quis que você fosse; médica, professora, engenheira... Alguém na vida, com um futuro que não fosse tão incerto. De repente... Sua mãe se vai para todo o sempre. A quem dar orgulho? A quem dizer ‘eu não disse que eu iria conseguir’! E, pior ainda... De quem você irá ouvir: “eu sabia que você iria conseguir”!
Depois que perdi minha mãe, o jeito é acreditar que ela está vendo tudo “lá de cima” e, mesmo não estando do meu lado, sentirá orgulho do mesmo jeito, do contrário, nada iria fazer, já que a mulher à qual queria dar orgulho já não está mais comigo.
Os filhos que ainda tem a sorte de terem suas mães por perto não têm noção da raiva que os filhos que já perderam as suas sentem ao vê-los batendo o pé, fazendo cara feia, resmungando, respondendo a altura, tentando se igualar, rejeitando conselhos dados por elas; rejeitando carinhos ao invés de recebê-los e retribuí-los.
Nossa... Se os filhos que ainda tem suas mães soubessem a falta que faz aqueles beijos na bochecha que elas adoram dar em público e que eles consideram vergonhosos... Se soubessem, valorizariam mais... BEM MAIS... DEMAIS ATÉ!!!
Enquanto muitos reclamam o fato de suas mães sempre marcarem presença em horas impróprias, como encontros de amigos, por exemplo, os filhos que já perderam imploram para vê-las ao menos em sonhos e, reclamam com a morte por ter sido audaciosa ao deixá-los sem elas. Vivem fazendo perguntas e nunca obtêm respostas.
As mais freqüentes são: “Porquê a tiraram de mim?”, Porque ele não dá valor a mãe que ainda tem e eu não tenho? Porque sinto inveja quando vejo uma mãe abraçando um filho? Porque sinto ódio quando vejo um filho rejeitando o carinho da mãe? Porque Deus não adiou a passagem dela?
São tantas as indagações que norteiam os pensamentos de orfãos de mãe assim como eu.
Fico pensando o quanto ela se orgulharia de mim por ter me visto terminar os estudos, me formar, construir uma família... Porque ela se foi há um longo ano, mas ainda sinto como se tivesse sido ontem?
Há filhos que perderam suas mães há 5, 10, 20, 30 anos, mas a vontade de reencontrá-las é a mesma de sempre, senão maior, a durabilidade da tristeza que sente é proporcional ao tempo em que elas se foram, senão mais.
Todos os filhos que já perderam suas mães aconselham:
-Não espere ela pedir, ofereça antes.
-Não reclame, apenas abaixe a cabeça, pois ela sempre está com a razão. Pode até ser que não, mas... Você é inferior. Se ela diz que está, então você está. Não espere que ela se vá para todo o sempre para aceitar isso.
-Não duvide. Vindo dela sempre será a mais pura verdade!
-Não bata o pé! Bata palmas para tudo que for feito por ela.
-Não rejeite a presença de sua mãe, pois nada nem ninguém, irá compensar a ausência dela.
-Não seja impaciente com os momentos depressivos dela, pois, você talvez seja a causa disso e, mesmo que não seja, tente ser, além de filho, amigo, e dê o que ela precisa; atenção, carinho, etc.
-Nunca pense que os favores que são pedidos por ela têm como objetivo te fazer de escravo “só pelo fato dela ter te posto no mundo”. Você tem uma dívida com sua mãe no valor de R$ ser 1 bom filho.
-Nunca rejeite os carinhos e os conselhos. Todos eles são dados para te fazer feliz e para te proteger, nem que para isso ela tenha que fazer o possível e o impossível.

 Não tenho filho, mas tenho certeza de que não há felicidade maior para uma mãe do que saber que é amada pelo filho e ainda mais, quando ele demonstra isso. Felicidade pra ela, nenhum esforço pra você! Por tanto... Se você tem a sorte de ter sua mãe ao seu lado, desfrute desta sorte e não só diga que a ama como também demonstre, sempre, sempre, sempre!


UM ANO DE DOR, REVOLTA, TRISTEZA E MUITA... MUITA SAUDADE!!!
Ceicynha Fernandes - Santa Luzia PB




8 de dezembro de 2012

TROCA DE SENTIMENTOS

 
Tuas raízes já não tem mais nada nos seios
Tuas folhas foram embora levadas pela ventania
Teus galhos estão secos, solitários...
Nada mais atende aos teus anseios


Tuas irmãs te olham ao longe
Ao mesmo tempo com a mesma agonia
O vento do teu nordeste é forte
Arrasta consigo o que não mais tem serventia

 
Porque o homem não te levou?
Não usou o mesmo machado?
Te deixou morrendo aos poucos
Sofrendo nesse descampado

 
Hoje te vejo gritar
Inerte pedindo clemência
E o homem que ai te deixou
Já perdeu sua decência

 
Hoje passando por ti
O transporte cortando a estrada
Vou deixando-te para traz
E sigo minha jornada

 
Já não consigo chorar
E essa dor que não passa
A mim... humana revolta
Em saber que tenho culpa
De toda essa desgraça

 
Cinzento é o teu lar
A fedentina que gira
Em torno de tí... árvore minha
Que ora é o que respira
 

Como posso ficar inerte
Diante de tanto fracasso
Ver cemitério metro a metro
Estrada afora tanto descaso

 
Animais mortos de fome
Os que ainda respiram não andam
Amarrados de cordas por baixo
Pois se soltos, desandam 

 
É a água que não tem
O respeito também não há
Por parte dos governantes
Que só lembra de nordestino
Somente para ele votar

 
Sol a pino vou seguindo
Choro choro e sofro
Com tudo isso que vejo
Acorda Brasil... Acorda meu povo.
Está na hora de acordar...

Rosélia Santos

A partir de segunda feira começarei a fazer Resenhas dos produtos que serão postos a venda para vocês!! Aguardem.