29 de agosto de 2013

SEGUNDO ESTUDO ENXAQUECA PODE ALTERAR O CÉREBRO PERMANENTEMENTE

A enxaqueca pode gerar modificações duradouras e permanentes nas estruturas cerebrais, como lesões, segundo uma análise de quase vinte capítulos publicada esta quarta-feira na revista americana Neurology.
“Tradicionalmente a enxaqueca é considerada um problema leve, sem efeitos duradouros no cérebro”, revelou o doutor Messoud Ashina, da Universidade de Copenhague, principal autor desta pesquisa.
“Nossa meta-análise nos leva a crer que a enxaqueca poderia, de fato, alterar de forma permanente as estruturas do cérebro de múltiplas formas”, explicou.
Os cientistas constataram que a enxaqueca aumenta o risco de lesão cerebral, de anomalias na substância branca e alteração do volume do cérebro de forma comparativa às pessoas que sofrem de cefaleia. Além disso, este risco é maior nas pessoas que sofrem de enxaqueca com aura.
Para esta pesquisa, os cientistas analisaram 19 estudos, 13 deles clínicos, onde os participantes se submeteram a uma prova de imagem de ressonância magnética do cérebro.
Os estudos mostraram um aumento de 68% do risco de lesões da substância branca do cérebro nas pessoas que sofrem de enxaqueca e 34% naquelas com enxaqueca sem aura com relação aos indivíduos que sofrem cefaleia.
O risco de anomalias cerebrais aumenta 44% nos doentes que sofrem enxaqueca com aura comparativamente aos que sofrem da modalidade sem aura.
Esta meta-análise mostra igualmente que a mudança no volume do cérebro é mais frequente nas pessoas com enxaqueca com ou sem aura que naquelas que não sofrem desta patologia.
“A enxaqueca afeta de 10% a 15% da população geral e pode ser muito debilitante”, afirmou Ashina. “Esperamos que outros cientistas poderão esclarecer o vínculo entre as mudanças estruturais do cérebro e a frequência e duração da enxaqueca assim como os efeitos destas lesões cerebrais nas funções mentais”, acrescentou.


Fonte: yahoo.com

DEPUTADO NATAN DONADON CONTINUA NO MANDATO: AMIGOS PARA SEMPRE É O QUE NOS DEVEMOS SER...amigos para sempre....


A Câmara dos Deputados livrou na noite desta quarta-feira, 28, o deputado Natan Donadon (sem partido/RO), condenado a 13 anos, 4 meses e 10 dias por peculato e formação de quadrilha de perder seu mandato. No dia em que completou dois meses preso no Complexo Penitenciário da Papuda, Donadon conseguiu manter seu mandato por 233 pela cassação, 131 contra e 41 abstenções, quando eram necessários 257 votos para a perda do mandato. Diante da situação, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), considerou o deputado afastado do cargo e decidiu convocar o suplente de Donadon para assumir a função enquanto o deputado estiver preso.
Vestido de terno e gravata, sem algemas e com o cabelo curto, Donadon fez sua própria defesa e jurou inocência. Reclamou do sofrimento do encarceramento, disse que nunca roubou “um centavo” da Assembleia Legislativa de Rondônia e que foi condenado porque a Justiça queria atender “às vozes das ruas”. “Não é justo condenar um inocente”, declarou. Com a família em plenário, Donadon se emocionou ao reencontrar antigos funcionários e foi cumprimentado por parlamentares enquanto esteve em plenário.
Com 459 parlamentares na Casa, a sessão se estendeu para que todos os deputados votassem, mas só 405 registraram voto. “Quem não está comparecendo está revelando seu voto”, observou o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ). O próprio Donadon chegou a registrar seu voto, mas o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), ao ser alertado, avisou que o voto do “julgado” não seria computado. Donadon foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pelo desvio de recursos da Assembleia Legislativa de Rondônia, onde ele ocupava o cargo de diretor financeiro. Segundo o Ministério Público, o esquema funcionou de 1995 a 1998, por meio de contrato simulado de publicidade por serviços que não eram prestados. Os desvios, segundo o MP, somam R$ 8,4 milhões.


Fonte: estadao.br.msn.com

28 de agosto de 2013

HIGIENE ÍNTIMA DELES

Tem muito homem que acha a preocupação com a higiene um exagero, que basta tomar banho todos os dias para estar livre de qualquer problema - mas isso está longe de ser verdade. Imagine a situação: você está naquele momento de intimidade com seu parceiro ou parceira e, ao tirar as roupas, emana aquele cheiro forte da cueca e o pênis está cheio de sebo. Quem merece essa situação? A falta de higiene íntima, tanto para o homem quanto para mulher, pode acarretar em inflamações e irritações na área genital, que vão desde uma coceira chata até infecções graves por fungos, como a candidíase. Mas não pense que é muito complicado manter as partes baixas sempre limpinhas, basta seguir as dicas:

LAVAR AS MÃOS
Pode parecer óbvio, mas muitos homens se esquecem de lavar as mãos depois de usar o banheiro, tão importante quanto a higiene após é a higiene antes de urinar. “Lavar as mãos antes de tocar o pênis é fundamental para evitar o risco de levar bactérias e fungos para região genital”, afirma o urologista Ravendra Muniz, do Núcleo de Urologia do Hospital Samaritano de São Paulo. Ao tocar o pênis com a mão suja, o homem está contaminando a mucosa e pele da região com todos os germes acumulados, podendo contrair várias formas de doenças.

ENXUGUE O PÊNIS
Apesar de não ser habitual, enxugar o pênis após urinar com papel higiênico evita ou reduz a possibilidade que restos de urina fiquem na cueca. “Quando em contato com a pele, esses resíduos favorecem uma inflamação local ou mesmo as infecções fúngicas”, diz o urologista Ravendra. O urologista José de Ribamar Rodrigues Calixto, diretor da Sociedade Brasileira de Urologia, afirma que a urina é um meio de cultura para germes, pois é rica em amônia. “Além disso, essas gotas na cueca podem causar um cheiro forte, levando ao incômodo social”.

DURANTE O BANHO
Lavar o pênis após a relação sexual também ajuda a remover resíduos de sêmen e excesso de lubrificante do preservativo.
Assim como no banheiro, muitos homens acreditam que estão fazendo a higiene adequada do pênis durante o banho - mas podem estar se esquecendo de alguns passos muito simples. “A limpeza do pênis no banho envolve puxar o prepúcio (pele que recobre a glande ou cabeça do pênis) até o aparecimento total da glande, passar água com espuma de sabão ou sabonete sobre a superfície da mucosa e/ou pele suavemente, até sair toda a camada de gordura acumulada”, explica o urologista José.
O especialista Ravendra explica que essa gordura se chama esmegma, e é uma secreção branca composta de células descamadas da pele e óleos produzidos por glândulas penianas, que se acumula entre a glande e o prepúcio. “Após a limpeza cuidadosa da glande, deve-se higienizar toda região genital e anal de forma habitual”.

SEM FRESCURAS COM O SABONETE
“O fundamental na realização da higiene do pênis não é o sabonete, mas o cuidado na maneira de limpar a glande”, declara o urologista Ravendrea. A maioria dos homens pode usar sabonete comum de pH 7, que é o neutro, para fazer a limpeza do pênis sem problemas. “No entanto, alguns homens com a pele sensível ou propensão a alergias se beneficiam do uso de um sabonete íntimo masculino de pH fisiológico (pH 5-6)”. O urologista José completa dizendo que, caso o homem tenha algum ferimento, pode optar também pelo sabonete antisséptico, associado ao medicamento prescrito pelo urologista.

HIGIENIZE APÓS A RELAÇÃO SEXUAL
Não precisar se desesperar e sair correndo para o banheiro após o sexo - entretanto, higienizar o pênis depois do ato sexual ajuda a evitar principalmente infeções causadas por fungos, como a candidíase. “Lavar o pênis após a relação sexual também ajuda a remover resíduos de sêmen e excesso de lubrificante do preservativo”, afirma o urologista José. Caso o homem não tenha usado preservativo, a higiene também serve para retirar o muco da lubrificação natural da mulher junto com resíduo de secreção espermática após a ejaculação - ambos ricos em substâncias que servem como meio de cultura para bactérias e fungos.

DEPILAÇÃO É NECESSÁRIO?
Não é necessário depilar completamente os pelos pubianos. “A depilação total aumenta a chance de inflamação e infecção cutânea, podendo cursar com foliculites e abscessos de pele”, alerta o urologista Ravendra. Ele explica que o cabelo em si é um meio de proteção do organismo, logo tem a mesma função quando se trata da região genital. No entanto, faz parte de uma boa higiene não dar margem para excesso, sendo recomendado aparar os pelos da área genital. “Na base do pelo há glândulas que produzem suor e gorduras para lubrificar e resfriar a pele, e essas podem causar um cheiro desagradável ou servir de alimento para germes, predispondo ao aparecimento de doenças de pele”, completa o urologista José. Dessa forma, é importante manter os pelos pubianos aparados e a região sempre limpa, para não dar margem ao acúmulo de fungos e bactérias nocivas.

CUECAS SEM APERTO!
O uso de roupas íntimas muito apertadas diariamente pode influir na qualidade do sêmen. “Os testículos quando muito próximos do abdômen ficam expostos a uma temperatura corpórea maior, que pode levar a dano temporário da qualidade e quantidade de espermatozoides produzidos”, diz o urologista Ravendra. Segundo o especialista, os melhores modelos são as cuecas samba-canção ou boxer, que são mais folgadas, permitem o posicionamento anatômico do escroto e a maior circulação de ar, evitando umidade local.

APOSTE NO TECIDO DE ALGODÃO
A cueca de algodão tem uma série de vantagens. “Esses tecidos absorvem melhor a transpiração que os sintéticos”, afirma o urologista Ribamar. Elas também são mais confortáveis por conta de sua superfície macia, que não irrita a maioria das peles. É um tecido natural e é hipoalergênico. Ao contrário de nylon e outros materiais sintéticos comumente utilizados para fazer roupas íntimas, cuja incapacidade de absorção e consequente retenção de umidade podem tornar a cueca um habitat para fungos. Atualmente, além do algodão, existem novos tecidos tecnológicos que buscam a redução da umidade e facilidade de circulação do ar, como os tecidos de fibra de bambu. 

LAVE BEM SUA ROUPA ÍNTIMA
Cueca não pode acumular no cesto de roupa suja. Isso porque os resíduos e secreções que eventualmente se acumulam na peça podem se proliferar, dificultando a higienização e inclusive arriscando contaminar outras roupas. “A melhor forma de higienizar as cuecas é lavando-as diariamente após o uso e trocando a peça no mínimo diariamente”.

Homens cuidem-se!!

Fonte: minhavida.com
Por Carolina Gonçalves

APAGÃO ATINGE OITO ESTADOS DO NORDESTE

Um apagão atinge oito Estados do Nordeste do País na tarde desta quarta-feira, 28 (Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe). Várias cidades, incluindo as capitais, estão sem energia desde 15h03, mas em alguns locais, como Fortaleza e Recife, a energia está sendo restabelecida.
Durante os 99 minutos sem energia, a capital do Estado do Ceará, Fortaleza, teve todos seus semáforos apagados, provocando muita confusão no trânsito. Todo efetivo da Autarquia Municipal de Trânsito foi para as ruas tentar controlar o tráfego de veículos. Os maiores hospitais funcionaram com geradores próprios. O mesmo aconteceu com o Aeroporto Internacional Pinto Martins. Das 20 rádios FMs de Fortaleza, somente cinco ficaram no ar. Outras emissoras de rádio e TV e sites de jornais da Região Nordeste também foram afetados.
A concessionária de energia Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), que tem rede de abastecimento em 8 de 9 Estados da Região, ainda está apurando as causas do problema, que afetou também a sua página na internet, que está fora do ar, e sua sede, em Recife.
Segundo a empresa, o fornecimento de energia está sendo restabelecido aos poucos. Bairros de Recife que haviam sido atingidos pela interrupção, por exemplo, já voltaram a receber energia, enquanto outras áreas da própria cidade seguiam sem luz até agora.
O Ministério de Minas e Energia (MME) informou que acompanha atentamente a ocorrência do apagão. Edison Lobão está a caminho da sede do ONS para acompanhar os trabalhos de verificação das causas do apagão. Em conversa com o diretor geral do ONS, Hermes Chipp, o ministro ouviu que a prioridade é restabelecer a energia nos locais atingidos e que a situação mais grave é nas capitais. De acordo com a entidade, técnicos estão trabalhando no momento para restabelecer o fornecimento de energia e, em seguida, farão um diagnóstico da causa do apagão.
O grupo Neoenergia também confirmou que o apagão que afetou o fornecimento de energia elétrica no Nordeste atingiu os Estados da Bahia e do Rio Grande do Norte, onde a empresa atua por meio de suas concessionárias Coelba e Cosern, respectivamente. A holding ainda apurava os impactos nas operações de sua outra concessionárias na região, a Celpe, em Pernambuco.
Histórico. Entre setembro e dezembro do ano passado, uma série de apagões do setor elétrico atingiu vários Estados brasileiros. O primeiro, em 22 de setembro de 2012, cortou o fornecimento de energia de toda a Região Nordeste, Pará e Tocantins. O último, em 15 de dezembro de 2012, atingiu 12 Estados das Regiões Sudeste, Sul, Norte e Centro-Oeste.

Fonte:msn.

Por: Luciano Coelho, Lauriberto Braga, Angela Lacerda e Janaina Araújo

APAGÃO ATINGE OITO ESTADOS DO NORDESTE


Um apagão atinge oito Estados do Nordeste do País na tarde desta quarta-feira, 28 (Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe). Várias cidades, incluindo as capitais, estão sem energia desde 15h03, mas em alguns locais, como Fortaleza e Recife, a energia está sendo restabelecida.
Durante os 99 minutos sem energia, a capital do Estado do Ceará, Fortaleza, teve todos seus semáforos apagados, provocando muita confusão no trânsito. Todo efetivo da Autarquia Municipal de Trânsito foi para as ruas tentar controlar o tráfego de veículos. Os maiores hospitais funcionaram com geradores próprios. O mesmo aconteceu com o Aeroporto Internacional Pinto Martins. Das 20 rádios FMs de Fortaleza, somente cinco ficaram no ar. Outras emissoras de rádio e TV e sites de jornais da Região Nordeste também foram afetados.
A concessionária de energia Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), que tem rede de abastecimento em 8 de 9 Estados da Região, ainda está apurando as causas do problema, que afetou também a sua página na internet, que está fora do ar, e sua sede, em Recife.
Segundo a empresa, o fornecimento de energia está sendo restabelecido aos poucos. Bairros de Recife que haviam sido atingidos pela interrupção, por exemplo, já voltaram a receber energia, enquanto outras áreas da própria cidade seguiam sem luz até agora.
O Ministério de Minas e Energia (MME) informou que acompanha atentamente a ocorrência do apagão. Edison Lobão está a caminho da sede do ONS para acompanhar os trabalhos de verificação das causas do apagão. Em conversa com o diretor geral do ONS, Hermes Chipp, o ministro ouviu que a prioridade é restabelecer a energia nos locais atingidos e que a situação mais grave é nas capitais. De acordo com a entidade, técnicos estão trabalhando no momento para restabelecer o fornecimento de energia e, em seguida, farão um diagnóstico da causa do apagão.
O grupo Neoenergia também confirmou que o apagão que afetou o fornecimento de energia elétrica no Nordeste atingiu os Estados da Bahia e do Rio Grande do Norte, onde a empresa atua por meio de suas concessionárias Coelba e Cosern, respectivamente. A holding ainda apurava os impactos nas operações de sua outra concessionárias na região, a Celpe, em Pernambuco.
Histórico. Entre setembro e dezembro do ano passado, uma série de apagões do setor elétrico atingiu vários Estados brasileiros. O primeiro, em 22 de setembro de 2012, cortou o fornecimento de energia de toda a Região Nordeste, Pará e Tocantins. O último, em 15 de dezembro de 2012, atingiu 12 Estados das Regiões Sudeste, Sul, Norte e Centro-Oeste.

Fonte:msn.
Por: Luciano Coelho, Lauriberto Braga, Angela Lacerda e Janaina Araújo

“SENHOR DOS ANÉIS”

Acessórios masculinos como anéis, pulseiras e colares não costumam dar margem para erro, de forma que ou você acerta em cheio ao compor seu visual ou você peca pelo exagero. “Tem que ter bom senso para não exagerar, não cair no vulgar. O vulgar é o irmão gêmeo do brega”, alerta Bia Kawasaki, consultora de moda.
Bia afirma que os acessórios em geral, além das joias, como relógios, abotoaduras e prendedores de gravatas, são algumas das maiores dúvidas do homem na hora de se vestir. E não é à toa. “Errar em um anel ou em uma pulseira pode desqualificar seu visual”.
O ambiente de trabalho é um dos que merecem um pouco mais de atenção. “Um erro comum é usar metais que não são nobres, como cobre e bronze, com trajes sociais”. Muita cautela com ouro, um metal nobre. “Cuidado com o exagero para não parecer bicheiro. Se tiver uma corrente, uma proteção, use uma, você não precisa ter um estoque de santidades no pescoço.”
Se a ideia é usar um acessório fora do escritório, as opções aumentam. “Sempre que entra prata, couro ou madeira nesses acessórios significa que a peça é mais esportiva e que pode ser usada em um ambiente mais informal, casual. Esses materiais não entrariam com um terno, mas funcionam com uma camiseta básica e um sapatênis”.
Na balada, “um colar de couro preto no pescoço ou um com placas metálicas pode trazer um ar mais descolado, mais jovem”, de acordo com Bia. “Mas se você já está com o colar, então chega. Não precisa colocar pulseira, anel ou outro colar”.
Entre os conselhos que a consultora dá, o primeiro é o de que “menos é mais”, ou seja, se estiver na dúvida, evite pecar pelo excesso. O segundo é investir em uma peça de qualidade na qual o “estilista tenha tido uma preocupação com o material”.

Fonte: iG
Por: Brunno Kono

MENINO DE SEIS ANOS TEM OLHOS ARRANCADOS NA CHINA

Um menino chinês de seis anos foi drogado e teve os globos oculares extirpados para um suposto tráfico de órgãos, um crime selvagem que provocou uma onda de indignação no país.
Uma reportagem de uma emissora de televisão da província de Shanxi mostra o menino, que ficou cego, em sua cama no hospital, com a região dos olhos cobertas por uma faixa.
O crime odioso ilustra mais uma vez o problema da carência de órgãos na China, situação que alimenta o tráfico.
Na reportagem, os pais do menino, que mora em uma área rural e pobre, afirmam que no primeiro momento pensaram que o filho havia se ferido gravemente em uma queda no sábado, antes de perceber que a criança havia sofrido uma dupla extirpação. “Tinha o rosto cheio de sangue, suas pálpebras estavam ao contrário e debaixo os olhos não estavam mais no lugar”, contou o pai.
A polícia encontrou os dois globos oculares, sem a córnea, segundo o canal estatal CCTV. A polícia ofereceu uma recompensa de 100.000 iuanes (12.200 euros) a quem ajudar a encontrar uma mulher não identificada que seria a principal suspeita.
O menino tem o lábio leporino, uma má-formação congênita que poderia explicar a escolha dos traficantes.
A maioria das cirurgias de transplantes na China acontece com órgãos extirpados de condenados a morte ou de prisioneiros após a morte, geralmente sem autorização das famílias, segundo organizações de defesa dos direitos humanos, o que é negado pelas autoridades chinesas.
Quase 300 mil pacientes precisam de transplante na China todos os anos, mas apenas 10 mil conseguem ante a falta de doadores, segundo a imprensa estatal.
A tradição chinesa estipula que um morto deve ser enterrado sem ter o corpo mutilado e poucos chineses aceitam a retirada dos órgãos de um parente.

A imprensa informou que o menino perguntou aos pais por que o dia não amanheceu. “Ele perguntou por que estava escuro e por que ainda não havia amanhecido”, contou um tio do menino, citado pelo Diário Pequinês da Juventude, acrescentando que o menor ainda não compreendeu que está cego.






G1.com

TÊNIS IATE TORNOU-SE O QUERIDINHO DELAS

Depois da era dos sneakers - os tênis com salto embutido, e dos creepers, agora é a vez do tênis iate, bem mais fácil de usar e confortável! 
Ultraclássico da moda masculina, o iate nunca saiu do guarda-roupa dos skatistas e afins. Aproveitando da influência dos anos 1990, voltou a aparecer e tomou espaço no guarda-roupa das mulheres. O modelo atual tem suas novidades.  Aproveita-se do solado alto do creeper e aparece com propostas fashionistas, coloridos e estampados, e com detalhes nada esportivos, como rendas e brilho.
Nas ruas, o tênis Iate aparece geralmente acompanhado de uma calça com estilo esportivo, que deixa as canelas de fora ou com shorts. Há também quem arrisque o calçado nos looks com saia ou vestido. Novidade do fim de verão no Hemisfério Norte, deve aparecer bastante nos bastidores e portas das semanas de moda, que começam na primeira semana de setembro.


Fonte: ig

27 de agosto de 2013

ATOR REGINALDO FARIA É INTERNADO EM HOSPITAL NO RIO DE JANEIRO

Reginaldo Faria, de 76 anos, foi internado na manhã desta terça-feira (27) no hospital Pró-Cardíaco, localizado em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. De acordo com a assessoria de imprensa da unidade, o paciente foi diagnosticado com leve pneumonia e passará a noite no setor de emergência para que os médicos acompanhem seu caso.
O ator vai estar na próxima novela das seis, “Joia Rara”, com estreia prevista para 16 de setembro. Na trama, assinada pela dupla Thelma Guedes e Duca Rachid, Reginaldo interpretará o personagem Venceslau Lopez, um homem viciado em jogos que apostará a filha Iolanda (Carolina Dieckmann) em uma disputa com o patrão, o vilão Ernest (José de Abreu), e perderá.
De acordo com a Central Globo de Comunicação, a internação de Reginaldo não causará impactos negativos nas gravações da novela. “O cronograma está ajustado, nada foi alterado. Ele não ia gravar hoje e amanhã também não tinha nada previsto.
Essa não foi a primeira vez que o ator teve que ser hospitalizado por problemas de saúde. Em 2009, ele passou por um procedimento de cateterismo cardíaco. Em 2004, Reginaldo já tinha enfrentado outro cateterismo, seguido por uma angioplastia.
No início deste ano, o ator fez uma participação no seriado “Louco por Elas” encarnando uma apresentadora que falava abertamente de sexo. Na verdade, a personagem era um homem, Geraldo, pai de Léo, vivido por Eduardo Moscovis. “Fiz um jeito de falar muito parecido com o da minha sogra, acho até que cheguei a repetir em cena uma das frases que ela costuma dizer: “Que coisa mais amadinha”, contou em entrevista ao Purepeople. “E o salto alto. Doeu muito!”, completou o pai do ator Marcelo Faria.


Fonte: msn.com

“ATÉ QUE A MORTE OS SEPARE”

Jornais americanos informaram que um casal de idosos, juntos há quase 66 anos, morreu no mesmo dia com um intervalo de 11 horas. O casal de Ohio, estado no centro-oeste dos Estados Unidos, morreu em casa, na sala de repouso que dividia, no dia 11 de agosto.
Harold e Ruth Knapke começaram o relacionamento através de cartas durante a Segunda Guerra Mundial. “Eu acho que todos nós concordamos que não foi coincidência”, diz Carol Romie, uma dos seis filhos do casal à ABC News.
Ruth Knapke, tinha 89 anos, e foi a primeira a ficar doente. Mas foi Harold, com 91 anos, que morreu primeiro. Eles foram enterrados juntos.
Seus filhos disseram ao jornal local Dayton Daily News que esse foi o “ato final de amor”. “Acreditamos que ele queria acompanhá-la além dessa vida, e ele o fez”, disse Margaret Knapke, uma das filhas do casal.
De acordo com a ABC News, Harold foi professor, treinador e diretor de atletismo no Fort Recovery, um forte do Exército americano em Ohio. E Ruth trabalhou como secretária em uma escola depois de ficar em casa alguns anos para criar os filhos.
A procissão funeral parou em frente a casa onde eles viveram e construíram sua família. Os proprietários atuais baixaram uma bandeira americana a meio mastro para homenagear o casal.
Ruth e Harold completariam 66 anos de casados no dia 20 de agosto.


Fonte:msn

25 de agosto de 2013

SESC LANÇA EDITAL PARA MOSTRA DE MÚSICA

O Sesc Paraíba está com inscrições abertas para compositores, artistas e grupos que desejam integrar a edição 2013 da Mostra Sesc de Música Paraibana, que acontece de 9 a 11 de outubro em João Pessoa.
O objetivo do evento é promover e incentivar a composição, produção e destacar a qualidade artística do movimento musical no estado, além de descobrir e valorizar os talentos regionais e difundir a música como um dos meios de expressão cultural.
O edital, onde consta o material necessário para a inscrição e mais informações, bem como ficha de inscrição e autorização de imagem, podem ser acessados no site www.sescpb.com.br. As inscrições seguem até o dia 30 de agosto.
Podem ser inscritas composições de quaisquer estilos musicais, instrumentais ou em língua portuguesa, contanto que sejam composições brasileiras, autorais e não tenham sido apresentadas anteriormente em festivais ou mostras. Cada compositor deve inscrever três músicas, podendo as três ser selecionadas para a apresentação ao vivo, e uma delas integrar o CD da Mostra Sesc de Música Paraibana 2013.
Após as inscrições, 18 compositores serão selecionados por uma comissão julgadora formada por profissionais da área a convite do Sesc, e a listagem das músicas selecionadas para a apresentação ao vivo, bem como para o CD, será divulgada no dia 13 de setembro.
As inscrições, juntamente com todo o material obrigatório, devem ser entregues das 9h às 18h nas unidades do Sesc Centro João Pessoa, Campina Grande ou Sesc Guarabira. Não serão aceitas inscrições enviadas por fax, correios ou internet. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3208-3194. O edital, ficha de inscrição e autorização de imagem podem ser acessados no site www.sescpb.com.br.



Fonte: pbagora.com

24 de agosto de 2013

HERPES

Basta tomar muito sol, sofrer com estresse ou pegar um resfriado para o danado do herpes aparecer. Daí, são pelo menos sete dias com as dolorosas bolhinhas, que aparecem em geral nos lábios, nariz ou órgãos genitais (pênis e vagina). Segundo Omar Lupi, presidente da Associação Brasileira de Dermatologia, a doença é uma infecção causada por vírus. “A cada 10 adultos, 9 sofrem com um dos três tipos de herpes”, diz. Descubra como é feito o contágio e saiba se tratar.


SÃO TRÊS TIPOS DE HERPES

HSV 1: Manifesta-se na região do rosto, geralmente nos lábios ou nariz. Isso não significa que ele não possa aparecer em outras partes do corpo, porém o quadro será mais ameno.


HSV 2: Comum na região genital. O uso do preservativo é importante na prevenção, pois reduz em um terço o risco de contrair a doença.


Herpes-zóster: Seu transmissor é o vírus varicela-zóster (o mesmo da catapora), que causa lesões na pele. Aparece na região das costelas ou no tórax, como uma faixa, e é frequente em idosos. “É um pouco mais grave que os outros tipos por vir acompanhado de muita dor, explica o médico.



POR QUE O VÍRUS REAPARECE?
Você sofre com estresse? Tem alguma infecção? Costuma passar muito frio ou calor? Esses fatores fazem as células de defesa do organismo perderem força e não conseguirem impedir que o herpes apareça na pele. Já no caso do herpes zóster, o vírus só aparece uma vez na vida, geralmente na terceira idade, mas costuma ser adquirido na infância.


TRATAMENTO PARA O HERPES
Herpes dos tipos 1 e 2 são transmissíveis por meio do contato direto com a ferida, numa relação sexual ou com o uso de objetos de alguém infectado. Nos dois casos os sintomas são: ardor, formigamento e coceira no local. Após algumas horas ou dias, formam-se bolhas de água e há intensa vermelhidão ao redor. No caso do herpes genital, há dor durante o sexo. A doença deve ser tratada com um remédio antiviral, indicado por um médico. Já o tipo zoster, não é transmissível. Seu tratamento é feito através de medicação via oral e também há uma vacina preventiva.


Fonte: mdemulher

LEANDRO LIMA: NOSSA JOIA RARA



Mais um paraibano vai brilhar na tela da Globo. O ator pessoense Leandro Lima está no elenco da próxima novela das seis Joia Rara, que estreia no próximo dia 16 de setembro.
Na trama, Leandro será o ex-combatente de guerra Davi Monteiro, um cadeirante que se envolverá com a vedete Aurora Lincoln, interpretada pela atriz Mariana Ximenes.
A última aparição do Leandro Lima foi na novela Insensato Coração, no papel do ambicioso Patrick de Jesus.


Espaço Único deseja muito sucesso ao Leandro! Rosélia Santos

Mamulengo EletrÔnico- Brasil, 500 anos atrás


A música sempre foi e sempre será uma importante forma de expressão. Através da música nos realizamos conseguindo mostrar através de cada tom, de cada batida, de cada ritmo o que sentimos no momento que ela chega ao nosso ouvido. E, quando surge um ritmo desconhecido, inédito, inovador... aquele que você ouve e pensa... Nossa! Que coisa boa de ouvir, de dançar? É disso que estou falando! Está chegando de mansinho uma opção nova. Quando falo nova é porque não sou uma EXPERTISE em música, por isso, limito-me a dizer que trata-se de uma nova opção musical. Isso não significa dizer que não existem profissionais da música que ao ouvir este som não consigam identificar ou fazer correlações a outros sons. Esse novo som traz o que há de melhor: ‘o entretenimento’, instrumento importante do gênero, com letra de aproximação ao povo, oferecendo diferentes pontos de vista. Confiram e deixem suas opiniões. 


ENIGMA SOBRE MOEDAS AFRICANAS REVELA ARTE RUPESTRE ABORÍGINE AUSTRALIANA


Solucionar o mistério de como moedas africanas de 900 anos acabaram parando na remota Austrália poderia não só recontar a história do contato de estrangeiros no país, como também lançar luz sobre a arte rupestre aborígine.
O enigma de como as antigas moedas Kilwa, que segundo se acredita remontariam a 1.100 anos, foram parar nas Ilhas Wessels, na costa do Território do Norte, onde foram descobertas em 1944, sempre levantou questionamentos sobre as visitas estrangeiras nas longínquas costas australianas.
Ian McIntosh, professor australiano de antropologia na Universidade de Indiana-Purdue, nos Estados Unidos, explicou que o trabalho rupestre encontrado nas ilhas, que inclui uma imagem que parece mostrar um tipo de barco a vela europeu, poderia dar algumas pistas.
“Grande parte da próxima etapa será documentar, datar e interpretar (as obras de arte), juntamente com os povos aborígines”, disse à AFP McIntosh, de sua casa, em Indiana.
As moedas Kilwa foram encontradas na areia pelo operador de radar da Força Aérea Real Australiana Maurie Isenberg, durante a Segunda Guerra Mundial, quando ele estava estacionado na ilha, no momento em que o conflito no Pacífico eclodiu.
No total, ele encontrou nove moedas, cinco peças de cobre africanas e quatro moedas holandesas de origem europeia, não tão antigas quanto as primeiras. Inicialmente, Isenberg tentou vender as moedas, mas não teve sucesso. Ele, então as guardou durante décadas até que, em 1979, as enviou a um museu para identificação, juntamente com um mapa mostrando onde as encontrou.
Segundo McIntosh, existiam várias teorias sobre as moedas, inclusive a de que elas teriam sido arrastadas para a costa após um naufrágio. Sabe-se que navegadores europeus passaram pela costa da Austrália nos anos 1600, mas foi só quando o capitão James Cook aportou na Baía Botany, em Sydney, em 1770, que a Grã-Bretanha reivindicou o território.
As moedas - que segundo se acredita teriam se originado no sultanato medieval de Kilwa, uma região onde hoje fica a Tanzânia - levaram à especulação de que áreas do norte da Austrália foram visitadas por outros navegadores vindos de regiões tão distantes quanto o Oriente Médio e a África. De acordo com um artigo recente de McIntosh, publicado no periódico Australian Folklore, sobre a cadeia de eventos que levou à descoberta, “o argumento para o envolvimento dos comerciantes Kilwa e também dos portugueses é bastante atraente”.
Ele observou que a rota marítima de Kilwa, no leste da África, a Omã e dali para a Índia, a Malásia e vizinha próxima da Austrália, a Indonésia, era bem estabelecida nos anos 1500 e provavelmente durante centenas de anos antes disso.
McIntosh disse que vários membros de sua equipe acreditavam que as moedas tinham, simplesmente, sido arrastadas para a costa, mas admitiam que esta não era a única teoria possível. Segundo o acadêmico, uma explicação poderia ser que um indonésio conhecido, sobrevivente de um naufrágio que viveu nas Ilhas Wessels, poderia ter trazido as moedas para a região. As moedas, ele especulou, podem ter representado a “riqueza global” deste homem. McIntosh afirmou ainda que uma expedição conduzida por ele em julho para o local onde as moedas foram descobertas e que envolveu intenso trabalho de buscas no terreno acidentado não resultou na descoberta de novas moedas.
“Durante os últimos anos nós desenvolvemos uma série de hipóteses para explicar como aquelas moedas podem ter saído do leste da África e chegado no norte da Austrália”, afirmou. “A questão central da pesquisa neste ponto inicial foi tentar obter evidências suficientes que levassem a direções específicas”, acrescentou.
O que os cientistas de fato encontraram nas escavações foi trabalho rupestre aborígine e alguma evidência potencial de naufrágios - uma ideia nada improvável, em vista dos perigosos arrecifes no entorno da ilha - na forma de um pedaço de 1,80 metro de madeira de uma embarcação. 
McIntosh disse que os cientistas trabalharão com povos aborígines para analisar as obras de arte e ver se combinam com quaisquer tipos conhecidos de barcos, acrescentando haver histórias de interação no passado com “povos diferentes, brancos e negros de outros lugares, não aborígines”. “Provavelmente, estas moedas ficaram em circulação por duas centenas de anos, mas apenas na região do leste da África, pois para além deste local não tinham valor”, disse McIntosh, acrescentando que outras moedas do tipo só foram encontradas no Zimbábue e em Omã. “Em nenhum outro lugar do mundo foram encontradas, com exceção do norte da Austrália”, disse McIntosh. “É muito incomum. É isto que deixa todo mundo intrigado”.


Fonte: terra.com

21 de agosto de 2013

MINITÉRIO DA EDUCAÇÃO PLANEJA O MAIS PROFESSORES

O Ministério da Educação (MEC) quer levar professores a escolas onde faltam docentes em ação semelhante ao Mais Médicos. O Mais Professores faz parte do Compromisso Nacional pelo Ensino Médio, apresentado hoje (21) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, na Câmara dos Deputados. A criação do programa já havia sido comentada antes pelo ministro, mas é a primeira vez que é apresentado em detalhes.
Segundo Mercadante, o compromisso ainda está em fase de desenvolvimento e depende do Orçamento disponível. Entre as ações do programa, está a proposta de levar professores a escolas de municípios com índices de desenvolvimento humano baixos ou muito baixos e que tenham um baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) - índice calculado a partir do fluxo escolar e o desempenhos dos estudantes em avaliações nacionais.
A intenção é que, mediante o pagamento de uma bolsa, professores se disponham a reforçar o quadro dessas escolas. Para as escolas com baixo rendimento, a pasta quer atrair bons professores para melhorar o ambiente acadêmico. Caso não haja professores disponíveis na rede, o MEC cogita a participação de professores aposentados que queiram voltar às salas de aula.
Segundo Mercadante, as áreas com as maiores carências de professores são matemática, física, química e inglês. O ministro diz que as disciplinas representam cerca de 3% das matrículas de ensino superior, índice que tem se mantido constante. O Mais Professores, esclarece o ministro, ainda é uma proposta em aberto.
Além de atrair professores para áreas carentes, o compromisso propõe o aperfeiçoamento da formação continuada dos docentes, com o desenvolvimento de material didático específico e a criação da Universidade do Professor, uma rede que vai concentrar todas as iniciativas voltadas para a formação docente. Pretende-se que em um mesmo portal o professor possa acessar todos os cursos e programas disponíveis.
O compromisso prevê também um redesenho curricular do ensino médio, para que as disciplinas ensinadas tenham uma maior integração entre si. Para que o ensino seja melhorado, a pasta aposta na educação integral. Para 2013, segundo o ministro, está prevista a adesão de 5 mil escolas no ensino de dois turnos. No ano que vem, serão 10 mil centros de ensino.
Faz parte do compromisso a ação Quero ser Professor, Quero ser Cientista, com a oferta de 100 mil bolsas de estudo para jovens que queiram ingressar na área de exatas. Além disso, o ministério desenvolveu, em conjunto com pesquisadores, um kit para estimular o interesse pelas ciências. “Vamos distribuir os kits de ciências para alunos de toda a rede. Ele vai poder manipular, usar. É inspirado em alguns brinquedos, mas mais sofisticado e barato”, explicou Mercadante.
Mercadante diz que o ensino médio é uma fase que precisa de atenção. “Andamos muito nos anos iniciais [do ensino fundamental], melhoramos nos anos finais e simplesmente atingimos a meta [do Ideb] no ensino médio. O que é pouco. Ainda precisamos de um salto de qualidade”, disse.
Em 2012, 8.376.852 alunos estavam matriculados regularmente e 1.345.864 cursavam o ensino médio pelo Educação de Jovens e Adultos (EJA), de acordo com o Censo Escolar. A maioria das matrículas do ensino médio está na rede estadual de ensino (84,9%). As escolas privadas ficam com 12,7% das matrículas, as escolas federais com 1,5% e as municipais com 0,9%.
A defasagem idade-série ainda é alta, segundo o MEC, em 2012, dos estudantes matriculados no período, 31,1% têm idade acima do esperado para a série que cursam.


Agência Brasil

20 de agosto de 2013

RELACIONAMENTOS POLIAFETIVOS: “PRÓXIMA FRONTEIRA” PARA ALGUNS ESPECIALISTAS


Charlie está sentada em um sofá ao lado do marido, Tom, na casa do casal na cidade de Sheffield, no Reino Unido. Eles são casados há seis anos. 
Do outro lado de Tom, no mesmo sofá, está Sarah, que tem um relacionamento há cinco anos com Tom. O noivo de Sarah, Chris, está na cozinha, fazendo chá. Chris também tem uma relação com Charlie, e as duas mulheres também são amantes. Então, na mesma casa vivem quatro pessoas que formam cinco casais. “Planejamos envelhecer juntos”, afirma Charlie.
Os quatro estão envolvidos em um relacionamento “poliafetivo”, que é a prática de manter relacionamentos íntimos simultâneos com mais de uma pessoa por vez, com o conhecimento e consentimento de todos os envolvidos.
O termo em inglês para “poliamor” (poliamory) entrou no dicionário Oxford apenas em 2006. Trata-se de um tipo de relacionamento que ainda é tão raro no Reino Unido que, em algumas ocasiões, Tom precisa dar explicações sobre sua vida pessoal. “Tive muitas conversas com colegas nas quais eu comecei a explicar e eles só chegaram até (o ponto onde falam) ‘então todo mundo trai todo mundo’ e nunca consegui passar disso. Eu disse que não, todo mundo está bem com isso, todo mundo sabe o que está acontecendo, ninguém está enganando ninguém”, afirmou.
Se algum deles quer se envolver com outra pessoa, terá que apresentar o caso aos outros três e todos têm poder de veto ao novo relacionamento. “Não podemos usar o veto por motivo tolo, como por exemplo, gosto pessoal”, afirmou Sarah. “Se você está saindo com alguém e eu não entender a razão de você achar a pessoa atraente, isto não será razão para eu falar não, você não pode sair com esta pessoa”. Todos afirmam que a única coisa que é encarada como infidelidade é a mentira.
“Por exemplo: antes de eu ir neste primeiro encontro ontem, me sentei com cada um dos meus três parceiros e chequei com cada um deles se estava tudo bem. Trair seria (algo como) eu sair escondida, dizendo que ia me encontrar com um amigo X e não dizer que era um parceiro romântico em potencial”. As regras e limites do relacionamento entre os quatro são negociados cuidadosamente.
E tudo começou duas semanas depois de Tom e Charlie se transformarem em um casal, quando Tom sugeriu que eles não fossem mais monógamos e, para Charlie, esta foi uma ótima ideia. 
“Eu tinha medo de me comprometer, pois, nunca tinha encontrado alguém por quem eu pudesse me apaixonar completamente e exclusivamente. A ideia de esta não ser uma relação monógama permitiu que eu me apaixonasse profundamente por Tom sem medo de partir seu coração ao me apaixonar por outra pessoa”, disse. E, para Charlie, o fato de Tom ter se apaixonado por outra mulher, Sarah, não foi tão ruim. “Bem, Sarah é adorável. Fiquei tão feliz por Tom estar feliz com ela”, disse. Mas Sarah teve problemas para contar para seu noivo, Chris, que tinha se apaixonado por Tom. “Nós conversamos sobre isto e o que significava estar apaixonada por mais de uma pessoa e isto não significava que eu o amava menos. (...) Não é como seu eu tivesse uma quantidade de amor para dar apenas para uma pessoa. Posso amar quantas pessoas couberem no meu coração e acontece que são algumas”, afirmou Sarah.
Chris e Tom acabaram ficando amigos, e Chris se apaixonou por Charlie. “Nunca passou pela cabeça do Chris não ser monógamo - agora ele fala que nunca voltará atrás”, disse Sarah.
O dilema de como gerenciar um relacionamento é algo que a terapeuta de casais Esther Perel presencia o tempo todo. “Você pode viver em uma instituição monógama e você pode negociar a monotonia, ou você pode viver uma escolha não monógama e negociar o ciúme. Escolha seu mal”, disse.
Mas, para Charlie, Sarah e Tom o ciúme não é um problema. “Sempre há uma pequena quantidade de insegurança”, diz Sarah, lembrando como se sentiu quando seu noivo se apaixonou por Charlie. “Mas compare meu pequeno incômodo com a enorme quantidade de amor que posso ver nos dois e, honestamente, senti que eu seria uma pessoa muito ruim se eu falasse que meu incômodo era mais importante que a felicidade deles”.
Charlie afirma que o ciúme é gerenciado de forma diferente neste tipo de relacionamento. O motivo do ciúme não pode simplesmente ser cortado dos relacionamentos das pessoas envolvidas, o motivo do ciúme precisa ser analisado. E, algumas vezes, as conversas entre eles duram a noite toda. “Nós conversamos muito mais do que fazemos sexo”, conta Charlie, rindo.
Mas algumas pessoas apontam que é natural para os humanos se unirem em pares.
Segundo Marian O'Connor, terapeuta psicossexual no Centro para Relacionamentos de Casais de Tavistock Square, em Londres, o desejo de monogamia tem raízes profundas. “Quando crianças, precisamos de alguém que nos ame muito para poder progredir. Normalmente há uma pessoa que cuida da criança, geralmente a mãe. O relacionamento monógamo pode te dar um sentimento de certeza, um lugar onde você pode se sentir seguro e em casa”, afirmou.
“Na minha opinião, é apenas um problema (o “poliamor”) se sinto que um de meus parceiros está passando mais tempo com os outros parceiros do que comigo”, disse Sarah. Mas tudo é resolvido com a ajuda de uma agenda, que controla as noites de encontro. “O casal que está em um encontro escolhe qual filme ver na TV e ajuda a controlar quem está em qual quarto”, disse Charlie. “Então, por exemplo, eu tenho uma noite semanal com Charlie. Então somos nós duas juntinhas, nós com a TV, nós indo para a cama juntas e tudo mais”, disse Sarah.
Para a terapeuta de casais Esther Perel o “poliamor” é a “próxima fronteira”.
“Temos uma geração que diz: nós também queremos relacionamentos estáveis, comprometimento e segurança, mas também queremos satisfação pessoal. Vamos ver se podemos negociar monogamia ou não monogamia de uma forma consensual que evite a destruição e a dor da infidelidade”, disse.
Mas não é uma decisão simples. “A pessoas te olham de uma forma estranha na rua”, diz Sarah, enquanto que Charlie diz que está se preparando para comemorar 30 anos sendo ridicularizada pelas pessoas. “Cada vez que você revela (a opção pelo “poliamor”), corre o risco de perder um amigo”, diz.
Tom adota um otimismo cauteloso sobre a possibilidade que esse tipo de relacionamento se torne mais popular. “Qualquer um que espere alguma grande mudança social de um dia para o outro está terrivelmente enganado, mas (a mudança) vai acontecer”, disse.
Mas, enquanto a mudança não vem, os quatro estão planejando uma cerimônia não oficial para marcar o comprometimento entre eles.


Uol.com

19 de agosto de 2013

SEXO DOLOROSO


Idoso insere garfo em seu próprio órgão genital e vai parar em hospital. Desepero!
Um senhor de 70 anos de idade foi levado ao hospital de Canberra, Austrália, depois de inserir um garfo pela uretra. O talher de cerca de 10 centímetros ficou alojado em seu órgão genital depois do idoso utilizá-lo para obter sensação de prazer.
O garfo ficou totalmente invisível, mas os médicos o localizaram ao apalpar a região. O caso foi divulgado pela revista “International Journal of Surgery Case Reports”. Coitado! 
Estou postando, mas confesso a vocês que ainda não cheguei a uma conclusão. Como será que funciona esse negócio gente?? Chocada!


Fonte: techmestre.com

MARCELO TERRINHA É PRESO SUSPEITO DE ESTUPRAR A FILHA E A OBRIGAR A PEDIR PERDÃO DE JOELHOS


O cantor gospel Marcelo Galdino Cordeiro, conhecido como “Marcelo Terrinha”, foi preso por policiais da 61ª DP (Xerém). O criminoso é suspeito de estuprar a filha durante visitas.
De acordo com o delegado titular da delegacia, Mário Arruda, após investigações, os agentes localizaram Marcelo na cidade de Lauro de Freitas, na Bahia. Os policiais foram até a Bahia e conseguiram prendê-lo.
Segundo depoimento da vítima, os abusos aconteciam quando ela ia a São Paulo visitar o pai e quando ele a visitava  no Rio de Janeiro. Após o ato, segundo a polícia, ele a obrigava a ajoelhar e pedir perdão a Deus pelo que praticaram.
O R7 tentou contato com a equipe do cantor, por meio de seu site, mas até a publicação desta reportagem não havia conseguido retorno.


R7.com

BEBÊ PREMATURO NASCE COM 'BARRIGA D'ÁGUA' NA CHINA


Um bebê prematuro nasceu na China com ascite - uma acumulação de fluidos popularmente conhecida como barriga d'água. O caso deixa sua barriga inchada e suas bexigas cheias com uma grande quantidade de fluidos. Em casos graves como esse, os intestinos podem ficar “boiando” dentro do abdômen. O acumulo de líquidos na cavidade abdominal do recém-nascido poderá ser removido com uma cautelosa drenagem, em um procedimento chamado paracentese. A criança nasceu em Jining, na província chinesa de Shandong.


Fonte: terra.com.br/

CHICANA ESQUENTA CLIMA NO STF


Desde o dia 15 deste não se fala em outra coisa a não ser na palavra CHICANA, pronunciada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Joaquim Barbosa.
Qual o significado dessa palavra? Porque causou todo esse reboliço entre os magistrados? Afinal, o presidente do STF deve ou não pedir desculpas ao Ministro Ricardo Lewandowski?
Com toda essa confusão, claro que fui pesquisar, pois, imaginava outro sentido para a questionada palavra.
Entenda o caso: Durante uma a sessão do dia 15 houve um bate boca entre os Ministros e a sessão foi encerrada por Joaquim Barbosa, que se dirigiu ao ministro Ricardo Lewandowski, durante apreciação de recurso com a seguinte frase: “Fazemos o nosso trabalho. Não fazemos chicana”.
Isto foi o suficiente para assanhar a colmeia. Representantes da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), todo mundo enlouquecido com a palavra. E o povo no Oi?? Afinal, o vocabulário usado na Suprema Corte é muito particular e a maioria de nós pobres mortais (povo), ficamos ‘voando’ de forma incessante. Eu, particularmente, achei que seria um palavrão. Sério!
Enfim, veja a definição para o termo CHICANA segundo o professor AUGUSTO TEIXEIRA DE FREITAS SENIOR: CHICANA é o abuso no Foro Judicial, demorando-se maliciosamente o andamento dos processos ou provocando-se incidentes inúteis. Ou seja, o termo não tem nada de novo, pois é usado desde muito tempo e consta num ‘Vocabulário Jurídico’, do século XIX quando a palavra socorro tinha a seguinte grafia “soccôrro”. Popularmente falando, o que o Ministro quis dizer é que, estava ali para trabalhar e não para fazer “corpo mole”. Clareou? Uffa... para mim foi um alívio, ou seja NADA DE NOVO NA CASA DO ‘POVO’.  
E fiquei pensando: como dizer a verdade incomoda muita gente nesse nosso país.
Rosélia Santos

A partir de segunda feira começarei a fazer Resenhas dos produtos que serão postos a venda para vocês!! Aguardem.