30 de abril de 2011

ESPAÇO ÚNICO NA LUTA CONTRA O VÍRUS DA GRIPE

HOJE, é o grande DIA DA VACINAÇÃO CONTRA GRIPE. Se você é idoso, gestante, indígena ou responsável por crianças entre 6 meses e dois anos de idade, e profissionais de saúde. não fique de fora! Vá até a unidade de saúde mais próxima e confirme sua presença neste importante evento. A vacina é segura para todos e não oferece risco para a saúde.Você, que não faz parte dos grupos a serem imunizados, também pode contribuir com a divulgação da campanha. Basta informar aos seus amigos e parentes sobre a importância da vacinação.
Atenção pais, não se esqueçam que as crianças devem tomar a segunda dose da vacina 30 dias após a primeira.
O Ministério da Saúde conta com a participação de todos para divulgação da campanha, que surgiu para reduzir os impactos causados pela gripe no Brasil.
A vacina a ser distribuída protege contra os três principais vírus que circulam no hemisfério sul, entre eles o da influenza A (H1N1), conhecido como gripe suína. As pessoas devem procurar os postos de saúde para receber a dose.
Para eliminar qualquer dúvida sobre o funcionamento da vacina e sua eficácia, o eBand conversou com a infectologista Nancy Bellei, coordenadora do setor de pesquisa de vírus respiratórios da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Ela ressalta que mesmo aqueles que possuem alta imunidade e resistência ao vírus da gripe devem se vacinar para evitar a disseminação da doença. Leia na íntegra a entrevista:

Só preciso tomar a vacina uma vez?
R: Todo ano, a OMS (Organização Mundial da Saúde) avalia os vírus da gripe que estão circulando, Como são muito mutáveis, eles avaliam as diferenças registradas em relação ao ano anterior. Dependendo do grau, pode ser necessário que se faça uma vacina com um vírus um pouco diferente. Por isso, a vacina não é duradoura. A sua produção de anticorpos dura cerca de seis a oito meses. No ano seguinte a pessoa não tem mais aquela proteção.
Se a pessoa pegou uma variação diferente de vírus no ano anterior, e se ele ficar muito parecido com o deste ano, a chance de pegar essa gripe é, de fato, muito menor. No entanto, não circula só um tipo de vírus e, por isso, é difícil saber qual o tipo da infecção. Portanto, é melhor tomar a vacina. Já para o indivíduo que não pegou gripe, a única alternativa é ser imunizado.

A vacina pode causar gripe como efeito colateral?
R: Tem vários estudos que foram feitos com crianças, adultos e idosos e menos de 5% relataram algum tipo de reação. Ou seja, em uma pesquisa sistemática, não são encontrados dados sobre os efeitos. Os vírus presentes na vacina estão mortos e enfraquecidos e não têm como causar uma gripe.
O que acontece é que, como ela a aplicada no inverno, há outros tipos de vírus circulando além do da gripe. A pessoa pode pegar outra infecção e achar que é efeito colateral. Não é por ter tomado a vacina que ela não vai pegar mais nenhuma doença. Isso é mentira.  Uma dor de cabeça, um resfriado ou uma simples indisposição está longe de um caso clínico de gripe. Essa doença te deixa de cama, abatido.

Não posso tomar a vacina se estiver com imunidade baixa?
R: As pessoas que possuem HIV (o vírus da Aids), que fazem quimioterapia e até mesmo com câncer tomam a vacina contra gripe. Estar pegando muito resfriado e viroses não quer dizer que a imunidade esteja baixa também. Às vezes pode ser estresse, falta de higiene, ou contato com um ambiente onde haja muitas pessoas doentes. Esse conceito de imunidade baixa é errado.
Só se recomenda que a o paciente não tome a vacina quando está com febre ou saindo de uma cirurgia, pois, geralmente, os médicos orientam que ele fique em casa. Não é que não poderia tomar, mas devido ao risco de se expor a um lugar público e a um ambiente de saúde que possui outras doenças. Pacientes que estão internados, por exemplo, recebem a vacina no local.
No caso da febre, a orientação é não receber a dose porque não se sabe qual doença a pessoa possui. O fato de ela ir até um ambiente público representa riscos tanto para si mesma quanto para os outros, além do fato dela poder achar que a febre é por causa da vacina.

A vacina só funciona se for tomada 48 horas antes da infecção?
R: Ser você está com uma doença infecciosa inconstante, pode ser que a resposta do seu organismo à vacina não seja forte o suficiente, pois seus anticorpos estão lidando com outros vírus, impedindo que ela funcione corretamente. Nesses casos, às vezes, é interessante evitar tomar a vacina.

Quem tem boa imunidade não precisa se vacinar?
R: Precisa, pois todo mundo pode pegar gripe. Além disso, a pessoa pode ter boa imunidade, mas o avô, pai, irmão terem alguma doença. Ela pode pegar a gripe e transmitir para eles, que estão no grupo de risco.

Se tomar a vacina eu estou 100% seguro de pegar a doença?
R: Nenhuma vacina é 100% eficaz. Em dados comprovados por estudos, a eficácia da vacina da gripe vai de 70% a 90%. Quanto mais estável (sem mutações) estiver o vírus, maior é a proteção. Não há garantia total. O que pode vir a acontecer, no entanto, é que a pessoa pegue a gripe e não tenha um quadro tão intenso quanto aquela não a tenha tomado. Enquanto uma terá febre elevada e ficar de cama, a outra só sofrerá um desconforto na garganta, ou seja, não terá uma doença intensa.

Grávidas podem receber vacina?
R: Grávidas podem e devem tomar a vacina. É uma recomendação para todas as gestantes em qualquer faixa etária pois elas são mais expostas. O bebê não corre riscos de contaminação.

29 de abril de 2011

ALZHEIMER

Espanhóis criam nova tecnologia para medir risco de Alzheimer

O risco de uma pessoa desenvolver o mal de Alzheimer poderá ser identificado a partir de uma nova tecnologia desenvolvida na Espanha. A técnica é uma mistura da inteligência artificial com a ressonância magnética de alta resolução para obter imagens de grande precisão de diferentes áreas cerebrais. O aparato foi apresentado nesta quinta-feira (28) em Madri.
A tecnologia consegue diferenciar as pessoas que estão cognitivamente sadias e aquelas que possivelmente desenvolverão o Alzheimer. O estudo foi feito pelo Centro Alzheimer Fundação Rainha Sofia - Fundação CIÉN da capital espanhola.
O mal de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa irreversível de causas desconhecidas que leva à demência e deteriora gravemente as funções cognitivas e funcionais.
O uso de novas tecnologias combinadas permitiu diferenciar, com níveis de 95% de exatidão em um grupo de 170 voluntários, quais são as pessoas cognitivamente sadias e quais têm risco de desenvolver o Alzheimer. Com a nova tecnologia de ressonância magnética de 3D, é possível agilizar a obtenção das imagens cerebrais com relação a outras técnicas, com maior definição e contraste.
Sua aplicação generalizada ajudará a prevenir o desenvolvimento da doença a partir de seus estágios mais iniciais, ou seja, antes mesmo de a doença causar danos cerebrais.
Além disso, é possível que a nova tecnologia ajude no desenvolvimento de medicamentos contra a doença. Nesse estudo foram obtidas mais de 238 variáveis de seções cerebrais de cada um dos indivíduos participantes, relacionadas com características muito particulares.
Foto: http://blog.paxnobis.org.br/

“IBGE: se você for LGBT, diga que é!

Brasil tem 60 mil casais gays que vivem juntos, diz Censo

De acordo com os dados do Censo 2010, divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil tem 60.002 casais gays que vivem juntos. Esse foi o número de cônjuges que se declararam do mesmo sexo do responsável pelo domicílio.
O número representa apenas 0,2% do total de cônjuges 37,547 milhões em todo o país. É a primeira vez que o dado foi pesquisado.
Durante a coleta de dados do Censo, a ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) realizou uma campanha para que os homossexuais declarassem sua condição aos recenseadores.
A campanha ganhou a internet e diversas paradas gays pelo país, com o slogan “IBGE: se você for LGBT, diga que é!”. O objetivo foi garantir que a população homossexual fosse mensurada pela primeira vez em todo o país.

- Muito bom!!! Esse CÂNCER chamado preconceito tem que acabar.

Folha.com

OUSADIA

Antes do compromisso, há hesitação, a oportunidade de recuar, uma ineficácia permanente.
Em todo ato de iniciativa (e de criação), há uma verdade elementar cujo desconhecimento destrói muitas idéias e planos esplêndidos.
No momento em que nos comprometemos de fato, a Providência também age.
Ocorre toda espécie de coisas para nos ajudar, coisas que de outro modo nunca ocorreriam.
Toda uma cadeia de eventos emana da decisão, fazendo vir em nosso favor todo tipo de encontros, de incidentes e de apoio material imprevistos, que ninguém poderia sonhar que surgiriam em seu caminho.
Começa tudo o que possas fazer, ou que sonhas poder fazer.
A ousadia traz em si o gênio, o poder e a magia.

GOETHE

27 de abril de 2011

PIMENTA VERMELHA EMAGRECE

Pimenta Vermelha ajuda a Emagrecer, segundo estudos norte-americanos
Mais um alimento entrou na lista para auxiliar quem deseja perder peso: a pimenta vermelha.
Pesquisadores norte-americanos estudaram a dieta de 25 pessoas com o peso considerado normal. E descobriram que o consumo de pimenta vermelha além de ajudar a queimar calorias, reduz o apetite.
Richard Mattes, professor do curso de alimentos e nutrição da Universidade Purdue afirmou que incluir a pimenta vermelha na dieta é uma forma eficaz de queimar calorias.
Para concluir os estudos os pesquisadores incluíram a pimenta na dieta de algumas pessoas durante seis semanas. Os voluntários afirmaram sentir uma diminuição no desejo de consumir alimentos gordurosos, excessivamente salgados ou doces.
Médicos do mundo inteiro já haviam pesquisado sobre o efeito da pimenta sobre a obesidade. Eles afirmam que o alimento é rico em capsaicina, um componente responsável pela redução do crescimento das células de gordura e da fome.
 

A IMPORTÂNCIA DO BEIJO

A revista científica Evolutionary Psychology publicou resultados de uma análise das percepções e reações de mais de mil pessoas referente ao beijo
Os números revelam que 59% dos homens e 66% das mulheres afirmaram que, após o primeiro beijo, perderam totalmente o interesse por alguém quem se sentiam atraídos.
Para os estudiosos no assunto da Universidade de Oklahoma - Texas, isso acontece porque é durante o beijo que sentimos se há ou não afinidade corporal e afetiva com o outro e, quando ele não é agradável, é sinal de que a intimidade entre os dois não vai ocorrer.
Os pesquisadores também apontaram que o beijo tem pesos diferentes para sexo masculino e para o sexo feminino e, estes são fundamentais para uma relação de sucesso.
Para os homens, o beijo é uma ferramenta primordial para aumentar a possibilidade de envolvimento sexual. Entretanto, para as mulheres, ele funciona como forma de avaliar algumas habilidades do parceiro como seu hálito e o gosto de suas bocas. 
Na verdade, para as mulheres, a aparência dos dentes é considerada como uma das principais variáveis para tomar a decisão de beijar alguém.
O estudo aponta ainda que, o homem depois de um certo tempo não considera o beijo muito importante. Ficou claro também neste estudo que há uma diferença no tipo de beijo preferido por homens e mulheres.
Os homens preferem beijos molhados e com mais contato intenso com a língua. Segundo o estudo, o resultado é uma decorrência da menor capacidade de os homens de detecção químico-sensorial em relação às mulheres, necessitando assim de uma maior quantidade de saliva para fazer sua avaliação da parceira.
Além disso, os pesquisadores consideram que a troca de salivas poderia ter uma função biológica de transportar substâncias, como hormônios ou proteínas, nas bocas das mulheres para tentar influenciar sua propensão à relação sexual
Assim sendo, pode-se afirmar que o primeiro beijo é um fator muito importante para futuro de uma relação.

26 de abril de 2011

EX-MENUDO FAZ TRATAMENTO CONTRA CÂNCER

               O cantor porto-riquenho Robi Draco Rosa, ex-Menudo e produtor dos maiores sucessos de Ricky Martin, anunciou nesta segunda-feira que sofre de câncer no abdômen e está se submetendo a um tratamento no estado americano do Texas.
              Foi encontrado um tumor cancerígeno no abdômen perto do fígado - um Non-Hodgkin's Lymphoma. No momento, está em tratamento especializado na clínica Burzynski em Houston, Texas, segundo um comunicado de seu representante em Los Angeles, Angelo Medina.
              O artista de 41 anos está “enfrentando este desafio que a vida trouxe. Solicitamos aos seus amigos, fãs e a todo o público em geral que se unam a ele em oração”, disse o representante.
              Medina informou que “há vários meses Draco teve várias doenças e problemas de saúde. Após uma busca constante e depois de visitar vários médicos especialistas nos Estados Unidos existe um diagnóstico”.
              Robi Draco nasceu em Nova York em 27 de junho de 1969 e foi criado na cidade de Ponce, em Porto Rico. Sua primeira aproximação com a fama ocorreu quando fez parte da banda adolescente Menudo nos anos oitenta.
              Depois foi para Los Angeles, onde gravou seus discos como cantor solo e criou seu próprio estúdio de produção discográfica para outros artistas.
              Sua contribuição mais notável foi o lançamento da carreira de Ricky Martin, como compositor e produtor de sucessos como “Livin 'la Vida Loca”e “She Bangs”.
              Como artista solo, apresentou um estilo de rock particular com quatro álbuns, “Vagabundo” (1996), “Mad Love” (2004), “Vino” (2008) e “Amor Vincit Omnia”(2009), que lhe valeu um Grammy como Melhor Álbum de rock alternativo ou Urbano na 53ª entrega destes prêmios.

ESPAÇO ÚNICO NA LUTA CONTRA A HIPERTENSÃO ARTERIAL

O Ministério da Saúde estima que cerca de 15 milhões de hipertensos desconhecem que sofrem do mal. Para alertar sobre o mal, foi criado o Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial, 26 de abril. Em relatório, a Organização Mundial de Saúde prevê que, em 2015, teremos 10 milhões de mortes por doenças crônicas no país, como é o caso da pressão alta. Atualmente, considera-se que ela é a doença cardiovascular mais frequente, no país, especialmente entre idosos. Mas não são só eles que sofrem do mal. Gestantes e crianças também estão entre os pacientes que devem tomar cuidado com a pressão alta.
A hipertensão é o aumento da pressão sanguínea no sistema arterial e, além de ser a principal causa de Acidente Vascular Cerebral (AVC), está diretamente relacionada ao infarto do miocárdio (ataque cardíaco) e à insuficiência cardíaca. Diabetes, sedentarismo, obesidade, estresse emocional, uso abusivo de sal e herança genética são os fatores que mais contribuem para o desenvolvimento de hipertensão arterial. Existem dois tipos de hipertensão: a primária e a secundária. A primária está associada à hereditariedade e é mais comum. Já a hipertensão secundária surge por motivos específicos, como obesidade, gravidez, uso de drogas, álcool e sal em excesso entre outros fatores.
Em geral, as mulheres tornam-se hipertensas mais tardiamente que os homens: elas, a partir dos 50 anos; eles, a partir dos 40. O distúrbio afeta 10% das grávidas e pode levar ao parto antecipado e, sem tratamento, pode levar à morte. Além de dores de cabeça, cansaço, inchaço e palpitações, se não for tratada a tempo, o quadro pode se agravar, evoluindo para a eclampsia (principal causa de morte materna no país).
Entre os idosos e pequenos, o quadro também exige preocupação. Mais de 70% das pessoas acima de 70 anos têm hipertensão arterial. Estilo de vida e má alimentação levam 5% de crianças e adolescentes a precisarem de tratamento. No Rio de Janeiro, a hipertensão juvenil está em torno de 7%. Em Belo Horizonte e Florianópolis o índice é de 12%. Em Salvador, 4% das crianças e adolescentes têm hipertensão arterial.
A prevenção é o melhor remédio para não sofrer do mal. E não é assim tão complicado: hábitos saudáveis, não consumir álcool em excesso, perder peso e fazer atividades físicas regularmente são as regras para fugir da pressão alta. O perigo da hipertensão é que ela é "invisível", quando surgem os sintomas é sinal de que a doença já fez algum estrago no organismo. Nada de pânico! Ainda é possível reverter a situação e ficar de bem com a saúde. Basta querer!

Foto: http://medgeriatria.blogspot.com/

25 de abril de 2011

BRASIL: UM PAÍS DE MUITA FÉ


Segundo o dicionário Michaelis, crente é a “pessoa que tem fé religiosa”. No Brasil 84% da população acredita na existência de Deus ou de um ser supremo.
Esses dados foram extraídos de uma pesquisa realizada em 23 países e encomendada pela agência de notícias Reuters.
A pesquisa concluiu que: 93 % dos entrevistados da Indonésia acreditam na existência de Deus, na Turquia o número é de 91% e o Brasil ocupa o terceiro lugar nos países que mais acreditam na existência de Deus, com 84% dos pesquisados confirmando sua crença, 51 % dos entrevistados acreditam em vida após a morte.
Desse percentual, 2% acreditam que existe paraíso, mas não existe inferno. 7% acreditam na reencarnação, 19% acreditam que a alma vai para o paraíso ou para o inferno e 23% acreditam que existe alguma atividade após a morte, mas não necessariamente no céu ou no inferno.
Entre os países que acreditam basicamente em reencarnação, o Brasil ocupa o 2º lugar, perdendo apenas para a Hungria.
18.829 pessoas do mundo inteiro foram entrevistadas. 18% dos pesquisados não acreditam em Deus e em nenhuma força superior.
No Brasil, apenas 3% da população entrevistada se diz descrente. 
 
Fonte: Portal Universidade
Foto: http://entrenessa.com.br/

SOS PENTE FINO

Centenas de pais ingleses assinaram uma petição em prol da volta das enfermeiras às escolas para ajudar no combate a um problema de saúde pública: os piolhos. Conhecidas como nit nurses, essas enfermeiras costumavam visitar as escolas na década de 70, uma ou duas vezes por ano, para checar os cabelos dos alunos com pente fino. Ao encontrar lêndeas (nit), elas recomendavam que os pais lavassem a cabeça dos filhos com uma loção especial.
A petição, que deve ser levada ao governo, foi organizada por mães com crianças na Christ Church Primary School em Rhyl, no Reino Unido e diz: “Queremos sensibilizar as pessoas para o problema permanente de piolhos. Isso não é apenas um problema local, mas de saúde nacional que é necessário abordar”.
Geralmente as inspeções com pente fino eram feitas na frente de todos e os alunos com lêndeas e piolhos costumavam ser perturbados pelos colegas. Quando as enfermeiras saíram de cena, os pais ficaram encarregados de checar as cabeças dos filhos em casa, mas aparentemente não deram conta: no ano passado, em uma pesquisa com 4 mil pais, 85% saudaram o retorno das enfermeiras.

http://oglobo.globo.com/

LINGUA PORTUGUESA: NOSSA RIQUEZA


APENAS A LÍNGUA PORTUGUESA NOS PERMITE ESCREVER ISSO...

Pedro Paulo Pereira Pinto, pequeno pintor paulista, pintava portas, paredes, portais. Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos. Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir. Posteriormente, partiu para Pirapora, pernoitando por perto. Prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. Porém, pouco praticou, porque Padre Paulino pediu para pintar panelas. Posteriormente, pintou pratos para poder pagar promessas. Pálido, porém personalizado, preferiu partir. Pediu permissão para papai para permanecer praticando pinturas, preferindo, portanto, Paris.
Partindo para Paris, passou pelos Pirineus, pois pretendia pintá-los. Pareciam plácidos, porém, pesaroso. Percebeu penhascos pedregosos, preferindo pintá-los parcialmente, pois perigosas pedras pareciam precipitar-se, principalmente pelo Pico, porque pastores passavam pelas picadas para pedirem pousada, provocando provavelmente pequenas perfurações. Pelos passos, percorriam permanentemente, possantes potrancas.
Pisando Paris, pediu permissão para pintar palácios pomposos, procurando pontos pitorescos, pois, para pintar pobreza, precisaria percorrer pontos perigosos, pestilentos, perniciosos, preferindo, Pedro Paulo, precaver-se. Profundas privações passou Pedro Paulo. Pensava poder prosseguir pintando, porém, pretas previsões passavam pelo pensamento, provocando profundos pesares, principalmente por pretender partir prontamente para Portugal. Povo previdente!
“Preciso partir para Portugal porque pretendem, pela primavera, pintar principais portos, painéis, personalidades, prestigiando patrícios”, pensava Pedro Paulo.
- Paris! Paris! Proferiu Pedro Paulo.
- Parto, porém penso pintá-la permanentemente, pois pretendo progredir.
Pisando Portugal, Pedro Paulo procurou pelos pais, porém, Papai Procópio partira para Província. Pedindo provisões, partiu prontamente, pois precisava pedir permissão para Papai Procópio para prosseguir praticando pinturas. Profundamente pálido, perfez percurso percorrido pelo pai. Passando pelo porto, penetrou pela pequena propriedade patriarcal pelo portão principal. Porém, Papai Procópio puxando-o pelo pescoço proferiu:
- Pediste permissão para praticar pintura, porém, pintas pior. Primo Pinduca pintou perfeitamente prima Petúnia. Por que pintas porcarias?
- Papai, proferiu Pedro Paulo, pinto porque permitiste, porém, prefiro poder procurar profissão própria para poder provar perseverança, pois pretendo permanecer por Portugal.
Pegando Pedro Paulo pelo pulso, penetrou pelo patamar. Pegando pertences, partiu prontamente, pois pretendia pôr Pedro Paulo para praticar profissão perfeita: pedreiro! Passando pela ponte, precisaram pescar para poderem prosseguir peregrinando. Primeiro, pegaram peixes pequenos. Passando pouco prazo, pegaram pacus, piaparas, pirarucus. Posteriormente, partiram pela picada próxima, pois pretendiam pernoitar pertinho, para procurar primo Péricles primeiro. Pisando por pedras pontudas, Papai Procópio procurou Péricles, primo próximo, pedreiro profissional perfeito. Poucas palavras proferiram, porém prometeu pagar pequena parcela para Péricles profissionalizar Pedro Paulo.
Primeiramente, Pedro Paulo pegava pedras, porém, Péricles pediu-lhe para pintar prédios, pois precisava pagar pintores práticos. Particularmente, Pedro Paulo preferia pintar paredes, pisos, portas, portões, painéis. Pereceu pintando prédios para Péricles, pois precipitou-se pelas paredes pintadas. Pobre Pedro Paulo, pereceu pintando...
'Permita-me poder parar. Pretendo pensar. Peço perdão pela paciência, pois pretendo parar para pensar... Para parar preciso pensar. Pensei. Portanto, pronto pararei'. 

E você ainda se acha o máximo quando consegue dizer: 'O Rato Roeu a Rica Roupa do Rei de Roma'?

FONTE:                                                                                     http://culturanordestina.blogspot.com/

VENTOS E TEMPESTADES DA VIDA

L. R. Silvado

Um escritor inglês, do século passado, conta em uma de suas obras que na praia perto de sua casa, uma coisa muito interessante podia ser vista com freqüência: um navio lançando a sua âncora no mar enfurecido.


Dificilmente existe uma coisa mais interessante ou sugestiva do que essa. O navio dança sobre as ondas. Parece estar sob o poder e à mercê delas. O vento e a água se combinam para fazer do navio o seu brinquedo. Parece que vai haver destruição; pois se o casco do navio for lançado sobre as rochas, será despedaçado.
Mas observamos que o navio mantém a sua posição. Embora à primeira vista parecesse um brinquedinho desamparado à mercê dos elementos, o navio não é vencido.
Qual é o segredo da segurança deste navio? Como pode resistir às forças da natureza com tanta tranqüilidade? Existe segurança para o navio no meio da tempestade porque ele está ancorado! A corda à qual ele está amarrado não depende das águas, nem de qualquer outra coisa que flutue dentro delas. Ela as atravessa e está fixada no fundo sólido do mar. Não importa quão forte o vento  sopre ou quão altas sejam as ondas do mar... A sua segurança depende da âncora que está imóvel no fundo do oceano.
Muitas vezes nos sentimos no meio de uma tormenta, sendo jogados pelas ondas da vida para cima e para baixo e açoitados pelo vento da adversidade.
Sem uma vida espiritual, a nossa vida é como um navio sacudido pelo mar enraivecido das circunstâncias incontroláveis da vida. Mas, confiando em Deus, experimentamos sua presença e amor como âncora da nossa vida. Nos sentimos encorajados e esperançosos. Essa esperança mantém segura e firme a nossa vida, assim como a âncora mantém seguro o barco.

FONTE: BOLETIM PORTO MEIRA 25 DE FEVEREIRO DE 2007.

UBAM PROMOVE ENCONTRO DE PREFEITOS DO NORDESTE

Entre os dias 28 e 29 de abril, Recife sediará pela primeira vez o Encontro de Prefeitos do Nordeste do Brasil. A sétima edição do evento vai contar com a participação de prefeitos, vereadores, secretários, representantes das entidades municipalistas, empresários e administradores.
O encontro, promovido pela União Brasileira de Municípios (UBAM), pretende debater temas atuais como política cultural reforma tributária, planejamento estratégico, programas habitacionais do governo, entre outros. O objetivo é manter um canal de ligação permanente entre os gestores nordestinos para busca de soluções em favor da administração municipal como um todo.
Com o evento os prefeitos e prefeitas pretendem debater temas atuais como política cultural, a reforma tributária, o planejamento estratégico, programas habitacionais do governo, plano diretor, responsabilidade social e ambiental e empreendedorismo na gestão pública, entre outros. Dentro do conteúdo programático, também será discutido as constantes quedas do FPM.
Além destes temas, o evento apóia a aprovação da Emenda 29, da Reforma Tributária e o Projeto de implantação da Zona Franca do Semi-Árido Nordestino.
O evento acontecerá no charmoso auditório do Empresarial JCPM do empresário Paes Mendonça, em Boa Viagem.
No evento será elaborada uma carta para ser entregue a presidente Dilma Roussef solicitando a liberação imediata dos recursos das emendas de bancada e das emendas parlamentares, além dos recursos do PAC.
Essa Carta será entregue pela Frente Municipalista do Congresso Nacional, apoiada pelas organizações municipalistas de todo país.
O evento será aberto oficialmente pelo governador de Pernambuco Eduardo Campos e prestigiado por várias autoridades, com o apoio da Associação dos Municípios do Estado de Pernambuco, a AMUPE.

21 de abril de 2011

NARIZ ELETRÔNICO PODE DETECTAR CÂNCER NO HÁLITO DOS PACIENTES

Uma espécie de ‘nariz eletrônico’ foi desenvolvido por pesquisadores israelitas com o intuito de detectar mais cedo a existência de câncer nos pacientes. O dispositivo consegue distinguir entre pessoas saudáveis e as que têm a doença, conta o jornal Daily Mail.
Os pesquisadores coletaram amostras de hálito de 82 pessoas - algumas com câncer na região do pescoço e da cabeça, no pulmão, ou saudáveis. Responsável pela pesquisa, o professor Hossam Haick, do Instituto de Tecnologia de Israel, diz ser urgente a busca por novas maneiras de detectar a existência de células cancerígenas nessas regiões, que geralmente são diagnosticadas tardiamente.
O ‘nariz eletrônico’ foi capaz, inclusive, de diferenciar o câncer na região da cabeça e pescoço do câncer de pulmão. O estudo foi publicado no Jornal da Pesquisa sobre Câncer, que pertence à pesquisa de câncer do Reino Unido.
Os pesquisadores afirmam, porém, que o estudo ainda é preliminar e só deve chegar a um resultado concreto em alguns anos

http://odia.terra.com.br/

20 de abril de 2011

INFIDELIDADE DETECTADA POR SOFTWARE


A tecnologia não está a favor dos infiéis. O inventor Huang Kuo-Tai, de Taiwan, inventou um software capaz de identificar pessoas que não são fiéis com seus parceiros. O programa, segundo o inventor, detecta as possíveis traições através do número de telefone e e-mails. Se o programa funciona bem ou não, ainda não sabemos – e muitos também não querem saber- porém, a técnica de decifrar  email do parceiro parece eficaz.
O software possui a capacidade de revisar as mensagens via email como também chamadas telefônicas, e assim, detectar expressões normalmente usadas por pessoas que mantém algum tipo de relacionamento como “eu te amo”, “liga mais tarde”, “não posso falar agora”, entre outras frases do gênero.
Conforme Huang, “O melhor do programa é a análise das chamadas e a detecção das que são suspeitas, por exemplo, as que superam os 20 minutos disparam alerta”.
Para os interessados, o programa é gratuito, e o inventor está aperfeiçoando, reunindo dados dos usuários antes de colocar o produto no mercado. Agora a má notícia, o programa só está disponível em Taiwan. Ficamos na torcida que chegue ao Brasil também!



19 de abril de 2011

DIREITOS QUASE IGUAIS

Lei Maria da Penha é aplicada a casal gay no Rio de Janeiro
Um casal homossexual no Rio teve a Lei Maria da Penha aplicada em virtude de violência doméstica. A decisão do juiz Alcides da Fonseca Neto, da 11ª Vara Criminal do Rio, foi divulgada nesta terça-feira, 19, pelo Tribunal de Justiça (TJ). O réu, que teve concedida a liberdade provisória sem o pagamento de fiança, precisará manter a distância de 250 metros de seu companheiro.
Durante três anos o casal esteve em uma união homoafetiva. Na casa onde moravam, no centro da cidade, o cabeleireiro Adriano Cruz de Oliveira foi vítima de várias agressões praticadas por seu companheiro, Renã Fernandes Silva. A última ocorreu na madrugada do dia 30 de março. Renã atacou o companheiro com uma garrafa, lesionando seu rosto, perna, lábios e coxa.
Em sua decisão, o juiz argumenta que ‘a especial proteção destinada à mulher pode e dever ser estendida ao homem naqueles casos em que ele também é vítima de violência doméstica e familiar, eis que no caso em exame a relação homoafetiva entre o réu e o ofendido, isto é, entre dois homens, também requer a imposição de medidas ‘protetivas’ de urgência, até mesmo para que seja respeitado o Princípio Constitucional da Isonomia.’
A denúncia contra Renã Fernandes foi oferecida pelo Ministério Público estadual. Segundo os autos do inquérito instalado na Lapa, os atos de violência ocorriam habitualmente. Renã teria envolvimento como drogas, de acordo com o seu companheiro, que conta ter sido ameaçado se chamasse a Polícia para falar das agressões.
‘O juiz determinou ainda que o alvará de soltura seja expedido e que o réu tome ciência da medida cautelar no momento em que for posto em liberdade’, informou o TJ do Rio

E VIVA O REI - PARABÉNS


Existem Reis que conquistam o título pela força. No entanto, seus reinados são curtos. Outros, porém, recebem do povo a Coroa, o Trono, o Carinho, o Amor, a Admiração e tudo o que  é gratificante na vida do ser humano. Estes são, portanto, ETERNOS. E viva o Rei. E viva Roberto Carlos.

18 de abril de 2011

MULHERES X ÁLCOOL

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde aponta aumento no consumo excessivo de bebidas alcoólicas, principalmente entre mulheres. De acordo com a pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) o número de mulheres que admite abusar no consumo de álcool superou 8,2% em 2006, para 10,6% em 2010.
Entre homens, a proporção foi de 25,5% para 26,8%. O levantamento aponta que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas passou de 16,2% para 18% da população.
Quanto ao uso de cigarro, o estudo aponta que, nós últimos cinco anos, o número de fumantes na população geral teve queda de  16,2% para 15,1%. O percentual representa uma redução considerável em relação ao índice de 1989, quando a Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição (PNSN), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou 34,8% de fumantes no país.
O avanço maior ocorre especialmente entre homens, que em média fumam mais do que as mulheres. Na população masculina, o hábito de fumar caiu de 20,2% para 17,9%, entre 2006 e 2010. Entre as mulheres, o índice permanece estável em 12,7% no período. Pessoas com menor escolaridade (0 a 8 anos de estudo) fumam mais (18,6%), comparados às pessoas mais escolarizadas (12 anos e mais), das quais 10,2% são fumantes.

MACONHA TERAPÊUTICA

O lançamento mundial de um medicamento produzido à base de maconha pela farmacêutica britânica GW Pharma, e que será comercializado na América do Norte e na Europa pelo laboratório Novartis, reacendeu as discussões entre os especialistas brasileiros sobre o uso medicinal da droga no País. Por aqui, o princípio ativo do remédio (Sativex), usado para aliviar a dor de pacientes com esclerose múltipla, não é permitido.
O Brasil é signatário de tratados diversos que consideram a substância ilícita, o que dificulta inclusive o desenvolvimento de pesquisas científicas sobre as propriedades terapêuticas da planta e suas reações no cérebro.
Pesquisadores ouvidos pelo JT comparam a importância do estudo da cannabis sativa (nome científico da maconha) com a relevância do ópio para o desenvolvimento da morfina medicamento essencial para o tratamento da dor aguda. E reforçam o argumento de que a possibilidade de uso medicinal não é sinônimo de liberação ou legalização da droga.
‘O medicamento tem estudo clínico, existem proporções corretas das substâncias usadas, imprescindíveis ao seu funcionamento’, defende Hercílio Pereira de Oliveira Júnior, médico psiquiatra do Programa Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas (Grea) da Universidade de São Paulo (USP).
De acordo com Oliveira Júnior, ao contrário do remédio, a droga ilícita não tem padrões de equilíbrio entre os substratos terapêuticos e pode causar danos à saúde de quem a consome. ‘Pode ampliar a ansiedade, causar um estado depressivo e psicótico, com alucinações, e problemas pulmonares provocados pelo ato de fumar.’
Estudos comprovam que a cannabis reduz os efeitos colaterais da quimioterapia, como náusea e vômito, estimula o apetite em pacientes com aids, pode ser usada para tratar o glaucoma e aliviar a dor crônica. ‘As perspectivas científicas mostram que vale a pena aprofundar os estudos sobre a planta’, avalia Oliveira Júnior.
O Sativex, por exemplo, não é vendido como cigarro e sim na forma de um spray. Sua composição reúne apenas dois substratos da maconha: o delta 9-tetraidrocanabinol e o canabidiol.
‘Não causa mais ou menos dependência do que calmantes e antidepressivos. A dependência não é argumento considerável para proibir até mesmo a pesquisa’, diz Dartiu Xavier da Silveira, professor livre-docente em Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo.
Defensor da criação de uma agência reguladora para o setor, Oliveira critica a legislação restritiva brasileira e afirma que o preconceito trava a pesquisa de medicamentos que poderiam ser desenvolvidos até para tratar a dependência química.
‘A questão não é proibir, mas controlar. Não se proíbe a morfina porque algumas pessoas fazem mau uso’, avalia. O psiquiatra lembra que não é necessário o plantio em terras brasileiras da maconha para os estudos. ‘Para pesquisa, podemos importar.’
Diretor do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid) da Unifesp, o psicofarmacologista Elisaldo Carlini também acredita que o Brasil está atrasado em relação às pesquisas sobre o potencial terapêutico da maconha por puro preconceito.
‘No século passado, foi considerada droga diabólica e só nos últimos 30 anos é que se retomaram os estudos terapêuticos’, conta Carlini. De acordo com ele, pesquisas mostraram que o cérebro humano possui ramais de neurotransmissores e receptores sensíveis ao estímulo da cannabis. O sistema foi chamado de endocanabinoide que, se cientificamente estudado e estimulado, pode levar ao alívio ou à cura de várias doenças.
Até o momento, a legislação brasileira proíbe o consumo de qualquer medicamento à base de maconha. Mas uma decisão judicial pode autorizar seu uso em casos específicos.
A comercialização do Sativex ainda não foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Procurada pelo Jornal da Tarde, a agência não se manifestou sobre o assunto.

http://estadao.br.msn.com

INFÂNCIA ROUBADA

PRESERVATIVOS PARA CRIANÇAS DE ONZE ANOS
Filadélfia tem um problema preocupante em suas mãos, tem a maior taxa de adolescentes sexualmente ativos no país e quinto maior de HIV / AIDS para a faixa etária.
Mas a nova campanha da cidade é a oferta gratuita de preservativos para os adolescentes como os jovens de 11 anos para combater o problema. E  esta campanha é de levantar as sobrancelhas.
O Departamento de Saúde Pública da Filadélfia lançou um site que permite aos jovens fazer pedidos de preservativos gratuitos on-line. Abaixo da tag do “Envie-me camisinha!” A cidade oferece links de “como usar um preservativo corretamente”, lugares na Filadélfia para comprar preservativos, e, a opção de receber o contraceptivo gratuitamente.
Se você mora na Filadélfia e está entre as idades 11 e 19 agora você pode ter preservativos enviados diretamente para você de graça, diz o site dos jovens.
Mas um especialista do braço político da Focus on the Family não acredita que o uso de preservativos entre os jovens é a resposta para o problema da Filadélfia. Chad Hills, analista de educação sobre a abstinência do CitizenLink, disse ao The Christian Post, que incentivar o uso do preservativo entre estudantes do ensino médio é “ensino irresponsável, na melhor das hipóteses.”
“A maioria das crianças de 11 anos de idade devem ser orientadas a escovar os dentes antes de dormir, tomar banho, pelo menos várias vezes por semana, colocar roupas limpas e pentear o cabelo antes de sair pela porta,” disse Montes. “Agora, estamos entregando os preservativos e imediatamente transportando-os para o mundo da atividade sexual de adultos - despertando a sua curiosidade e paixões sexuais antes de poderem pensar por si mesmos?”
O Departamento de Saúde Pública da Filadélfia, no início deste ano divulgou um relatório citando a Pesquisa de Conduta de Risco dos Jovens CDC 2009 encontrando que 15 por cento dos alunos de ensino médio da Filadélfia tiveram sua primeira relação sexual antes dos 13 anos de idade. E 26 por cento dos inquiridos com idade de alunos de ensino médio, disseram que tiveram relações sexuais com quatro ou mais pessoas durante sua vida.
O relatório também descobriu que jovens da Filadélfia são mais prováveis que o adolescente americano médio de ter uma doença sexualmente transmissível.
Jovens da Filadélfia nas idades de 10 e 14 tiveram 5,3 vezes mais chances de ter infecção por clamídia, uma doença sexualmente transmissível comum causada pela infecção por bactérias, que o adolescente americano médio. A taxa de outra DST comum, a gonorréia, entre pessoas de 15 a 19 anos de idade na Filadélfia é três vezes a taxa nacional, e entre 10 a 14 anos de idade, quatro vezes a taxa nacional.
Segundo a pesquisa do CDC, mais de um terço (37 por cento) dos entrevistados disseram não usar um preservativo durante a última relação sexual.
“Nós ouvimos de professores e conselheiros escolares e às vezes os diretores que as crianças estão cortando as escolas no período da tarde e saem cedo para ir ter orgias - e é no ensino médio,” disse Gary Bell, diretor-executivo da Bebashi Transition to Hope, a organização sem fins lucrativos da Filadélfia que visa responder à crescente taxa de HIV/AIDS entre Africano-americanos na cidade, segundo a ABC News.
“Eles se reúnem com crianças de sexos diferentes - por vezes pessoas do mesmo sexo e, às vezes misturadas. Os pais não estão em casa e assim eles vão lá e têm muitos parceiros sexuais e comerciais.”
Funcionários da saúde da Filadélfia tem esperança e o site dando os preservativos através de pedido online ajude a diminuir a taxa de DST entre os jovens na cidade.
Mas talvez a cidade deveria focar mais na educação sobre a abstinência, dado o histórico estudo da Universidade da Pensilvânia, no ano passado que pode ter oferecido as provas mais convincentes de que tal mensagem funciona.
O primeiro estudo apareceu nos Arquivos de Medicina Pediátrica e Adolescentes de Fevereiro de 2010, publicado pela Associação Médica Americana. Constatou-se que a educação da abstinência foi o mais eficaz na redução da atividade sexual entre os jovens depois de estudar 662 estudantes de quatro escolas públicas de ensino médio, que servem as comunidades de baixa renda de Africano-americanos.
Ele descobriu que os estudantes do ensino médio da Filadélfia, que assistiram a aulas de abstinência foram menos propensos a se tornarem sexualmente ativos do que seus colegas que foram às aulas enfatizando o uso do preservativo ou até mesmo às classes que ensinaram ambos o uso do preservativo e a abstinência.
Um terço dos alunos que completaram o programa de abstinência tiveram relações sexuais dentro de dois anos de classe. Em comparação, mais da metade dos que participaram no programa de uso do preservativo disseram que eles tiveram relações sexuais.
Mais de 40 por cento dos estudantes que receberam uma ou outra classe de oito ou 12 horas que combinava os dois métodos tiveram relações sexuais durante o período de dois anos.
Latex, pós, comprimidos e poções nunca serão a resposta a esta crise, afirmou Leslee Unruh, fundadora da National Abstinence Clearinghouse, ao CP. Preservativos não protegem o coração e não possuem 100 por cento de proteção contra muitas doenças sexualmente transmissíveis, incluindo o HIV. O percentual de apenas 100 maneira eficaz de proteger o corpo e o coração é a abstinência até o casamento.

17 de abril de 2011

CLAMÍDIA NA MULHER

Conhecida como uma doença silenciosa, a clamídia é uma DST (Doença Sexualmente Transmissível) comum causada pela bactéria chlamydia trachomatis.  
Essa bactéria tem o poder de danificar os órgãos reprodutores da mulher. Seus sintomas só se manifestam entre uma a três semanas após a pessoa ter sido contaminada, por isso, recebe este nome.
Ainda que os sintomas da clamídia sejam geralmente moderados ou ausentes, ela pode gerar complicações sérias que causam danos irreversíveis, e, antes mesmo da mulher conhecer o problema ela pode causar infertilidade.
A clamídia é um parasita intrecelular obrigatório. Pode produzir esporos, o que torna sua disseminação muito fácil.
Existem tres tipos de Chlamydia. São: Chlamydia trachomatis, Chlamydia psitaci e Chlamydia pneumoniae. E todas causam doenças aos humanos.
A espécie Trachomatis causa cegueira e DSTs, a Pneumoniae causa doenças respiratórias e a Psitaci causa ornitose que é uma doença respiratória nos pulmões.
Nas mulheres, a bactéria infecta o cérvix e a uretra. Mulheres infectadas, apresentam secreções vaginais anormais, e queimação ao urinar.
Ao infectar o cervix e as trompas de falópio, a mulher começa a sentir dores abdominais, nauseas, febre, sangramento entre o ciclo menstrual e dores durante as relações sexuais. Esta infecção pode se espalhar  comprometendo também o reto. Há casos em que a prática de sexo oral com pessoas infectadas, a clamídia pode atingir a garganta, tanto de homens, como de mulheres.
A clamídia pode ser transmitida durante o sexo oral, anal ou vaginal, podendo ser passada de mãe para filho, precisamente na hora do parto normal.
Qualquer pessoa de vida sexual ativa, corre o risco de ser infectada.
Quanto maior o número de parceiros, maior possibilidade de contrair a doença.
As infecções causadas por essa bactéria, merece uma atenção muito especial, pois, não tratada de forma correta, poderá acarretar graves problemas a saúde da mulher, com sérias consequencias a curto e longo prazo. E, por ser uma doença silenciosa, a pessoa infectada só procura o médico com sintomas agravados.
Esta doença pode ser tratada de forma fácil, quando detectada no início como é comum na maioria das patologias. Tanto a pessoa infectada como o parceiro, deve ser tratado com antibiótico específico para o caso. É importante ressaltar que pessoas em tratamento, deve fazer abstinencia sexual até a cura total, caso contrário, a infecção pode surgir novamente.
Quanto ao diagnóstico, é feito através de alguns testes de  laboratórios tanto de urina como de amostra coletada do cérvix.
Toda mulher deve fazer exames pelo menos uma vez ao ano, neste caso principalmente abaixo de vinte e seis anos de idade. Para mulheres acima desta idade e com fatores de riscos para clamídia (novo parceiro)  é indicado um teste anual, e para as grávidas, deve ser obrigatório.
Não existe vacina contra a Clamídia e a única forma de evitá-la, é sem dúvida, o sexo seguro. Tanto para clamídia como para qualquer Doença Sexualmente Transmissível, o correto é evitar relações sexuais com vários parceiros ou ter uma relação mutuamente monogâmica com um parceiro que não está infectado, e, principalmente o uso de camisinha.
Portanto mulheres. Qualquer sintoma como náuseas, febre, queimação ao urinar, secreções, feridas, dor na relação sexual, dores em baixo ventre, sangramento entre os ciclos menstruais ou qualquer outro sintoma, é um sinal de alerta. Interrompa as relações sexuais e procure atendimento especializado.
Fiquem atentas. Cuidem-se!
DST CONHECER PARA SE PROTEGER.
 

A partir de segunda feira começarei a fazer Resenhas dos produtos que serão postos a venda para vocês!! Aguardem.