14 de julho de 2013

VAMOS FALAR DE SEDUÇÃO?


Você sabia que o poder de atração não tem nada a ver com beleza física? Claro que não, ou então veríamos na rua alguns poucos casais de beleza perfeita e uma legião de pessoas sozinhas. O poder de atração de uma pessoa é muito mais do que apenas sua imagem, e os feromônios naturais que ela exala interfere diretamente neste campo.
 
O que são feromônios?
São substâncias químicas produzidas naturalmente no reino animal como forma de resposta aos membros da mesma espécie. Nos seres humanos, igualmente, eles são usados para atrair um parceiro em potencial. A percepção dos feromônios em humanos é específico de uma pessoa para a outra. Por exemplo, uma mulher pode liberar mais ou menos que outra. É possível aumentar naturalmente a sua produção.
Produzir mais feromônios é tudo que se deseja. Imagine poder contar com esse “plus” maravilhoso? E saiba que eles agem sobre a saúde e a disposição em geral. Estes produtos químicos são liberados através da pele, pela transpiração (e transpiramos continuamente), são feitos a partir de aminoácidos e lançados através da transpiração corporal. Para produzir mais, o corpo deve estar em boas condições de saúde.
Eles são detectados por um órgão especial localizado no nariz, o vomeronasal (VNO). É algo bem mais sutil do que o cheiro. Existem ainda muitas lacunas em relação à sua aplicação na saúde. O que já se sabe é que de fato eles auxiliam na atração aos pares. Paralela às pesquisas científicas, segue a nossa própria percepção. Quem nunca sentiu uma atração imensa por alguém que estava longe de ser seu ideal físico? Dizemos nestes casos que ele ou ela tem aquele “mais” impossível de se descrever, mas sabemos o grande poder de atração que ele ou ela exercem.
Quando nos apaixonamos, liberamos muito mais feromônios (para atrair o objeto da nossa paixão). Quantas mulheres relatam que seu casamento ficou frio, que já não sentem tanta atração ou pior: percebem que seus maridos já não tem aquele mesmo fogo da época de namoro, e isso é muito triste.
Ocorre que quando estabilizamos a relação, algo dentro de nós sinaliza uma espécie de segurança. Já não pensamos na hora que o encontro amoroso acontecerá, nem “sonhamos acordados”, estado que aumenta consideravelmente a libido. Ficamos acomodados e este é o grande perigo, porque neste momento também deixamos de liberar os feromônios e, sem eles, não há atração.
A boa notícia é que podemos interferir na produção dos feromônios, desde que estejamos conscientes deles. São providências simples, mas que postas em prática garantirão a produção e a liberação desses grandes amigos da libido e da paixão. Sabemos que os feromônios são substâncias químicas que os animais e os seres humanos emitem como uma reação corporal.
Os humanos não podem simplesmente criar esses feromônios dentro de um laboratório. Mas algumas práticas e até substâncias (e assim os químicos chegaram a uma forma de feromônio sintético) podem interferir positivamente nesta produção. E é sobre elas que falo a seguir nas dicas, que incluem alimentos, perfumes caseiros, exercícios e banhos. Anote ai as dicas e toque fogo no seu relacionamento já!
 
APOSTE NO ZINCO
Esse mineral que é tão importante à saúde, exerce uma ação maravilhosa no campo sexual e é apontado até como um auxiliar para casos de infertilidade. Não produzimos zinco, por isso temos que ingeri-lo constantemente. Não é difícil, já que contamos com alimentos ricos neste mineral: iogurte, queijos, leite, cereais integrais, feijão, manteiga de amendoim e nozes, farinha de trigo integral, ovos, água potável. Outras boas fontes de zinco são carnes bovinas, peixes, aves e mariscos. Você também poderá tomar um suplemento de zinco por dia, mas, neste caso, consulte antes um médico.
 
SUPLEMENTOS
Se for a um médico, pergunte-lhe também sobre a possibilidade de utilizar durante um tempo o suplemento DHEA (dehidroepiandrosterona). O DHEA é naturalmente produzido no organismo e é o precursor dos hormônios sexuais, tanto femininos quanto masculinos, de acordo com pesquisas da Clínica Mayo (instituição de pesquisas médicas nos EUA). Esses hormônios sexuais em alta aumentam a produção e liberação dos feromônios. Com os anos, essa produção diminui e a suplementação pode ser uma boa solução. Mas pense nisso apenas se houver real motivo para tal (caso esteja sofrendo de inapetência sexual já há algum tempo, por exemplo).
 
BANHO QUENTE COM SABONETE NEUTRO
Banhar-se em água quente sem o uso de sabão (ou usando um neutro, sem perfume) ajudará a impedir a remoção dos feromônios naturais remanescentes na pele. Por mais tentador que possa ser o excesso de perfumes embota o sutil e singular 'cheiro' do seu feromônio, impedindo que ele seja percebido pelo outro. A higiene pode ser perfeita, mesmo usando os sabonetes neutros, e quando nos habituamos, sentimos até que o banho se torna mais agradável desta forma. Mas saiba que 'certos perfumes' jogam a favor. Falarei deles mais adiante.
 
EXERCÍCIOS
Esta é uma boa forma de suar e limpar nossos poros. Poros limpos exalam melhor os feromônios. Faça a atividade que gostar, mas você, mulher, poderá incrementar ainda mais esses exercícios. Acrescente as contrações pélvicas da ginástica íntima porque essas contrações estimulam a região responsável pela produção da libido... Libido em alta, feromônios a todo vapor! E fique tranquila porque esses exercícios tão especiais são totalmente discretos.
 
PERFUMES ESPECIAIS
Falei perfumes especiais... Que tal fazer seu próprio perfume que aumentará os feromônios? Sim, é possível se chegar a uma fórmula capaz de estimular esta produção, e como trata-se de algo muito pessoal, somente você será capaz de identificar as fragrâncias adequadas. Vá a uma loja que venda óleos essências (aromaterapia). Escolha aqueles que você goste, procure conhecer também algumas fragrâncias reconhecidamente com propriedades erotizantes.
Muitas estimulam a sexualidade e as emoções. A canela é uma delas, gengibre, laranja, jasmim, chocolate, rosa, ylang-ylang, sândalo e outras. Tente misturar duas ou três essências do seu agrado. Sei que seria fácil comprar um dito perfume com feromônios pronto, mas já imaginou possuir um perfume totalmente seu? Que ninguém mais possui? Isso é possível com a mistura das essências e tem mais: cada pessoa reage a um tipo de mistura. Por isso vale a pena produzir o seu porque nem sempre um comprado pronto terá esse efeito.
 
Como escolher as fragrâncias.
Pense em três categorias que se somam perfeitamente:
1. O núcleo do perfume: escolha um aroma sutil e profundo, como amadeirado, canela, baunilha chocolate, sândalo, patchouli, gerânio etc.
2. O intermediário (que fará a ligação) deve ser um cheiro forte girando em torno de tons florais ou ervas, nestes entram o ylang ylang, jasmim, rosa ou outro floral que a agrade.
3. A finalização (que harmonizará o composto) é o mais leve dos aromas. Pode ser hortelã, manjericão, erva-doce, ou laranja bem suave, a baunilha também cai muito bem. Use seu nariz como mestre, certamente você sentirá a sensação inebriante do 'seu' perfume (seu corpo reagirá a fragrância criada, ao encontrar a mistura certa você sentirá imediatamente. Lembre-se que ele é apenas seu e dificilmente servirá para outra pessoa, mesmo que esta outra seja sua irmã gêmea. Entenda: O 'seu' perfume estimula a libido e a liberação dos feromônios. Estes, aumentarão o seu poder de sedução.
Dei algumas sugestões, mas o que vai valer mesmo é a sua escolha pessoal. Misture as três essências na loja, peça auxílio de um funcionário (experimente misturando as gotas até chegar ao tom que deseja). Existem feromônios sintéticos que podem ser comprados e misturados ao seu perfume na internet, mas não são baratos e são totalmente dispensáveis se você seguir o que ensinei aqui.
Como preparar o perfume
Use uma garrafa de vidro para misturar seu perfume escolhido. Misture cinco gotas de cada um dos seus três óleos com 1/4 de xícara de álcool de cereais puro. Se você estiver usando os feromônios, adicione apenas duas gotas. Feche o frasco e agite-o para misturar.
Deixe o frasco fechado por uma semana agitando de vez em quando. Guarde a garrafa num lugar escuro. Ao abrir, misture cinco gotas de água e experimente em seu pulso se é a fragrância que deseja. Senão, mantenha-a guardada mais três dias. Se achar muito forte, misture água sempre em gotas experimentando até chegar ao seu gosto.
 
Fonte: msn
Por: Regina Racco

Um comentário:

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde
Rosélia
Como vai?
...muito interessante o artigo da Regina.Tudo é válido na arte e para aumentar o poder de sedução, inclusive porque grande parte não produz feromônios suficientes para estimular naturalmente uma resposta no sexo oposto. E desde que saibam que há tantas outras coisas que constituem um relacionamento duradouro, em vez de apenas cheiro/feromônios.
Obrigado pelo carinho da visita
Bela semana
Beijos

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Fique a vontade e volte quando quiser.
Deixe seu comentário no quadro abaixo.
Bjussss Rosélia Santos.

A partir de segunda feira começarei a fazer Resenhas dos produtos que serão postos a venda para vocês!! Aguardem.