17 de maio de 2014

EM VISITA À PARAÍBA A PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF IGNORA PROTESTOS POPULARES


 
Protestos populares marcaram a passagem da presidente Dilma Rousseff em João Pessoa (PB) na manhã desta sexta-feira, 16. Cerca de 200 pessoas, integrantes de grupos de indígenas, de servidores estaduais e federais e de mutuários do Sistema Financeiro da Habitação (SFH) levaram faixas e cartazes para a porta do Forrock, casa de shows da capital paraibana que recebeu a formatura de 1,7 mil estudantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), desta sexta-feira.
Impedidos de entrar no evento, os manifestantes chegaram a bloquear, por alguns minutos, a Avenida Tancredo Neves, que dá acesso ao local, mas a via foi reaberta por policiais militares. Na chegada da presidente e de sua comitiva, foram ouvidas vaias. O maior grupo de manifestantes, o dos mutuários, reclama da MP 633, que trata dos acordos entre seguradoras e mutuários do SFH por consertos em imóveis com problemas de construção.
“Entregam um apartamento cheio de rachaduras e goteiras e não querem consertar, o problema fica sempre com quem pode menos”, reclama a aposentada Ivanilce Maria Rocha, de 63 anos, uma das afetadas pela resolução do governo. A medida provisória foi criada pelo governo para tentar conter a onda de ações judiciais sobre o tema, que já alcançaria o número de 350 mil no País.
Outro grupo de manifestantes era formado por professores das Universidades Federais da Paraíba (UFPB) e de Campina Grande (UFCG), que aprovaram indicativo de greve esta semana, sem data para começar. Eles levaram faixas pedindo negociação com o governo federal.
Em seu discurso, de quase meia hora, Dilma não tocou nos temas dos protestos. Deu os parabéns aos formandos, prometeu manter e ampliar o Pronatec e enalteceu alguns programas sociais de seu governo, como o Minha Casa, Minha Vida e o Mais Médicos. Sobre o ensino técnico, a presidente disse que ele vai ser o “símbolo” do crescimento do Brasil.
“O símbolo do Brasil desenvolvido não vai ser o telefone celular, o iPad, o cartão de crédito ou a carteira de trabalho”, disse. “O símbolo do Brasil desenvolvido vão ser os diplomas técnicos de qualificação profissional.” Logo após o encerramento da cerimônia, Dilma seguiu para o aeroporto, de onde partiu para Teresina (PI), onde participa de mais uma formatura de alunos do Pronatec.
 
Por: Tiago Décimo - Agência Estado

OPINIÃO DA BLOGUEIRA
Frase da Presidente: “O símbolo do Brasil desenvolvido vão ser os diplomas técnicos de qualificação profissional.”

Linda frase da Presidente. Contudo, os “Diplomas técnicos de qualificação profissional” não são suficientes para esses estudantes. Eles precisam de TRABALHO para poder aproveitar o Diploma que tem nas mãos. Chegar em cima de um palanque e dizer que está qualificando é fácil... muito fácil. Vamos ver se estes jovens terão oportunidade de trabalho e melhorem de FATO sua qualidade de vida e de suas famílias.
Vale salientar que: Os jovens que participam deste programa são jovens de famílias humildes e precisam desenvolver esta tão falada “QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL” e isso só será possível se inseridos no MERCADO DE TRABALHO.
Quanto aos protestos populares a Presidente Dilma preferiu ignorar e fazer de conta de que nada estava acontecendo. Ou seja, adotou a síndrome dos TRÊS MACACOS SÁBIOS: MIZARU (cobre os olhos), KIKAZARU (tapa os ouvidos) e IWAZARU (tapa a boca). Enfim, como não ouço o mal, não falo o mal e não vejo o mal. FATO!!
 
Rosélia Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Fique a vontade e volte quando quiser.
Deixe seu comentário no quadro abaixo.
Bjussss Rosélia Santos.

A partir de segunda feira começarei a fazer Resenhas dos produtos que serão postos a venda para vocês!! Aguardem.