3 de maio de 2013

CÂNCER: O PERIGO PODE ESTAR NO SEU BATOM


 
Antes de qualquer coisa, gostaria de esclarecer aos leitores/as que estou postando esta matéria por achar importante, e, principalmente, para que possamos buscar mais informações sobre o assunto. Pois, por se tratar de um problema tão sério, a devida REPORTAGEM NÃO É COMPLETA. Isto é, na minha opinião, as marcas dos batons analisadas, como também o limite correto desses componentes no batom deveriam ter sido divulgadas, o que não ocorreu. Isso nos deixa sem saber como agir, será que o nosso batom preferido está nesta lista? Será que não estamos correndo riscos? Eu, particularmente, irei de agora em diante procurar saber mais sobre o assunto.
 
Rosélia Santos
 
Pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, analisaram 32 tipos diferentes de batons e brilhos labiais e detectaram a presença de metais como chumbo, cádmio, cromo e alumínio em pequenas e grandes quantidades nesses produtos. O fato preocupa, pois, alguns desses componentes químicos constantemente são relacionados a doenças graves como o câncer.
O estudo, divulgado nesta quinta-feira (2) na revista “Environmental Health Perspectives”, aponta a necessidade de maior regulamentação desses cosméticos no país, já que nos Estados Unidos não há uma lei específica sobre metais em cosméticos.
Foram analisados 8 batons e 24 brilhos labiais de 7 diferentes empresas. Os preços dos produtos variavam de US$ 5,59 a US$ 24 e eram os mais usados por jovens, de acordo com estatística obtida pelos investigadores.
Segundo o estudo, em dez amostras das 32 analisadas, foram encontrados níveis de cromo acima do tolerável, se considerada a média diária de ingestão involuntária. Além disso, em 24 produtos havia presença de chumbo. Apesar do nível não ser considerado alarmante, sua presença preocupa devido à possível exposição a crianças.
Os cientistas analisaram ainda o impacto da ingestão involuntária da maquiagem. Uma pessoa comum ingere em média 24 miligramas por dia de batom ou gloss (que vai para o estômago com a saliva). Em casos de uso excessivo, a ingestão pode chegar a 87 miligramas.
De acordo com os pesquisadores, a ingestão de maquiagem com metais oferece riscos à saúde. A exposição excessiva ao cromo, por exemplo, preocupa porque a substância é cancerígena e normalmente está relacionada a tumores no estômago.
A presença de manganês nesses produtos pode também oferecer risco, já que o metal pode causar danos ao sistema nervoso.
Os cientistas disseram que não há nenhuma razão para lançar tais produtos no lixo após os resultados. No entanto, a quantidade de metais encontrada sinaliza a necessidade de aumentar a fiscalização desses produtos por órgãos regulares de saúde.
A pesquisa aponta ainda que não existem normas americanas para metais em cosméticos. No entanto, ressaltam que a União Europeia considera o cádmio, cromo e chumbo ingredientes inaceitáveis, em quaisquer níveis, em produtos cosméticos.
Fonte: g1.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Fique a vontade e volte quando quiser.
Deixe seu comentário no quadro abaixo.
Bjussss Rosélia Santos.

A partir de segunda feira começarei a fazer Resenhas dos produtos que serão postos a venda para vocês!! Aguardem.