15 de março de 2014

PROFESSORES DA UFCG PARALISAM ATIVIDADES A PARTIR DE QUARTA-FEIRA DIA 19/03


Professores da Universidade Federal de Campina Grande vão paralisar na  quarta-feira (19). A decisão foi tomada durante uma assembleia geral da categoria, realizada nesta sexta-feira (14), no Auditório da Associação dos Docentes da UFCG – ADUFCG.
A paralisação integra a campanha salarial 2014 conjunta de todos os servidores públicos federais. Entre as principais reivindicações dos docentes estão a reestruturação da carreira, valorização salarial e melhoria das condições de trabalho.
A paralisação começará com um ato público no início da manhã, da próxima quarta, na entrada principal do Campus da UFCG e uma panfletagem. Uma programação com debates e outras atividades será elaborada pela ADUFCG para intensificar a mobilização e as discussões sobre a pauta nacional da categoria e a específica para os professores da instituição.
A intenção é também articular as atividades com o Sindicato dos servidores técnico-administrativos – SINTESPB/UFCG, já que a categoria na quarta-feira realizará uma assembleia geral para decidir de iniciará ou não uma greve por tempo indeterminado.
Dentro da pauta da assembleia os docentes também decidiram intensificar a convocação de todos os segmentos da UFCG para a assembleia universitária, que acontecerá na próxima segunda-feira (17), a partir das 9h, no Auditório do Centro de Extensão José Farias, para discutir a tentativa da Reitoria da instituição de rediscutir a posição de rejeição do Conselho Superior da instituição sobre a adesão a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – Ebserh.
No ponto de pauta sobre as deliberações do 33º Congresso do ANDES-SN, realizado em fevereiro, foram apresentados informes sobre as atividades do evento, especialmente o plano de lutas do setor das Instituições Federais de Ensino Superior.
Durante esta semana a Diretoria da ADUFCG realizou reuniões nos campus de Sousa, Sumé, Cuité e Pombal para avaliar a paralisação. Em Pombal, Sumé e Cuité os professores deliberaram pela paralisação.
Os professores pretendem realizar no período de 24 a 28 de março, uma rodada de assembleias em todo o país para discutir a retomada da greve da categoria, que foi suspensa em 2012, sem que as reivindicações dos docentes fossem atendidas.
 
PBhoje.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Fique a vontade e volte quando quiser.
Deixe seu comentário no quadro abaixo.
Bjussss Rosélia Santos.

A partir de segunda feira começarei a fazer Resenhas dos produtos que serão postos a venda para vocês!! Aguardem.